Convite dos padrinhos #camiejacob 5 anos de blog Casa das Amigas
10/05/2017
Obra sem pintura ou revestimento é alternativa inusitada de decoração

O que parece inacabado, na verdade tem muito estilo e personalidade. Para construir e reformar, a receita de uma obra bem feita já não exige mais pintura e revestimento nos ambientes. Quem gosta de ideias que fogem do convencional, o concreto aparente e colorido, o cimento queimado e a massa para acabamento são boas aliadas para criar efeitos estéticos e decorativos inovadores. E mais: com economia e praticidade.

A versátil Decoratta, produto da Votorantim Cimentos que substitui a massa corrida é fácil de aplicar, com alta aderência e resistência, é indicada para o acabamento em áreas internas sobre reboco de alvenaria, massa fina, fibrocimento, gesso, gesso acartonado ou sobre pintura látex PVA ou acrílica. Para efeito marmorizado e vitrificado liso e brilhante, queima-se a parede com uma desempenadeira metálica e faz-se a finalização com um selador transparente à base de água.

O consultor técnico de mercado da Votorantim Cimentos, Filipe Cocont Coutinho, explica que o produto não suja o ambiente porque não precisa lixar após da aplicação. “É também um produto de secagem rápida e que só precisa de duas demãos ante três da massa corrida. Além disso, caso surjam falhas durante a aplicação, é possível corrigi-las com a própria Decoratta, entre outras vantagens”, disse.

Para saber mais como aplicar Decoratta, basta acessar o link do Mapa da Obra.

Concreto aparente e colorido
Já no caso do concreto aparente, a indicação é usá-lo em grandes edificações residenciais e comerciais. Presente nas obras de grandes nomes da arquitetura mundial, como Oscar Niemeyer, Ruy Ohtake, Paulo Mendes da Rocha e Vilanova Artigas, o acabamento é usado em pilares, vigas e lajes, e também em pisos, bancadas, fachadas e paredes internas.

Para um bom resultado, é importante contratar mão de obra especializada, usar os equipamentos corretos, como fôrmas, por exemplo, e atentar para a qualidade do concreto (de preferência, autoadensável). No entanto, como o concreto aparente não aceita muitos retoques, podem ocorrer pequenas imperfeições.

O concreto colorido, por sua vez, é ideal para pisos, calçadas e fachadas, também é bastante usado para marcar áreas específicas de um projeto. O concreto colorido pode ser feito com cimento cinza ou branco, dependendo da tonalidade desejada. Sua principal vantagem é a durabilidade da cor, graças aos pigmentos à base de óxidos adicionados à mistura e que tornam a pintura desnecessária.

Cimento queimado
Bastante popular, o cimento queimado pode ser usado em ambientes internos ou externos por ser um material bem estruturado, barato, fácil de limpar e que proporciona um ótimo resultado estético. “Para obtê-lo, deve-se jogar pó de cimento sobre o contrapiso já existente ou piso de argamassa fresca e molhar com uma brocha. Conforme for ficando úmido, queima-se o pó com uma desempenadeira metálica até obter textura lisa. O acabamento pode ser feito com pigmento em pó”, sugeriu Coutinho.

O cimento queimado é resistente à abrasão, mas pode apresentar fissuras e trincas, pois o piso se movimenta ao longo do dia, contraindo-se e dilatando-se. Para evitá-las, é importante contratar mão de obra especializada, usar juntas de dilatação de plástico, madeira, pedra ou metal, formando panos de seção quadrada entre 1,5 m e 2 m, e preparar a mistura adequadamente (argamassa, cimento, areia e água). Quando o piso estiver seco, é preciso aplicar cera ou resina.

Foto e texto: Divulgação

Instagram ♥ Pinterest ♥ Facebook ♥ Twitter ♥ Youtube ♥ Bloglovin ♥

Nosso escritório: CDA projetos ♥ Nossa lojinha:  Casa das Amigas {decoração & papelaria}

Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestGoogle+

0





© Casa das Amigas 2013, Todos os direitos reservados.
Design por Jessica Chan | Programação por Sara Silva