Convite dos padrinhos #camiejacob 5 anos de blog Casa das Amigas

Resultados da Busca: 87 resultados para “dicas”


04/10/2017
5 Dicas para Decorar sua Cozinha Compacta

Um espaço que, para quem gosta, é o coração e parte essencial da casa, a cozinha sem dúvidas é onde se passa grande parte do tempo e onde se prepara das refeições mais básicas até as mais deliciosas iguarias.

Em tempos de Master Chef, ter uma cozinha bem equipada é essencial para não fazer feio na frente da família e dos convidados. Para isso, são necessários eletrodomésticos de qualidade e utensílios funcionais. Mas além da funcionalidade, uma cozinha compacta também precisa ter personalidade e muito estilo, para que a parte visual não seja esquecida. Por isso, preparamos 5 dicas para decorar sua cozinha compacta.

1. Escolha as cores de sua preferência

Projeto de Danyela Corrêa

As cores escolhidas são o ponto principal do projeto da cozinha. Na foto, os móveis brancos e pretos têm um ar contemporâneo e as pastilhas amarelas colorem o ambiente, dando contraste.

2. Aposte em plantas

Projeto de Patrícia Hagobian

Projeto por Marel – Grupo Factory

Você não precisa gastar muito para decorar sua cozinha compacta. Escolha utensílios bonitos e estilosos para pendurar em uma barra com ganchos. Frutas, tigelas e outros acessórios também ficam incríveis na decoração.

4. Aposte em uma prateleira exposta


0
22/08/2017
Dicas práticas de decoração para casas com crianças pequenas

Uma casa com crianças precisa de atenção redobrada, tudo para que os pequenos fiquem em segurança e possam se divertir sem maiores preocupações. Por isso trouxemos algumas dicas de decoração com o que deve ser levado em conta ao escolher o mobiliário dos lugares da casa onde a criança passa a maior parte do tempo. Confira!

  • Na sala

Esqueça aquele sofá branquinho e dê espaço para uma decoração um pouco mais escura, caso você não esteja pensando (ainda) em trocar de sofá, pode investir em capas protetoras. Existem algumas bem resistentes e que fazem muito bem o serviço de proteger seu sofá e amenizar sua preocupação sobre como tirar mancha de chiclete ou rabiscos de caneta depois.

Dê preferência para as mesinhas de centro mais resistentes e nem pense em vidro, pois as crianças podem subir em cima! Prefira uma superfície mais resistente, como um modelo revestido em aço ou de madeira. Ainda para a segurança de seu filho, tampe todas as tomadas com protetores específicos para tanto. Você pode encontrar alguns modelos bem diferentes, estilosos e divertidos, como os que imitam uma casinha de ratinho, um curativo…

Os vasos podem ser descartados da decoração, pois são uma ameaça constante para os pequenos. Evite também objetos pendurados como quadros emoldurados e lustres – inclusive abajures – para evitar que eles se pendurem. Mas também não precisa deixar sua parede pelada, uma alternativa muito prática são as fitas colantes que substituem perfeitamente os pregos mantendo os quadros colados na parede.

Foto: Donnie Ray Jones/Flickr

O piso que mais se adequa a uma casa com crianças são os de madeira, por serem extremamente fáceis de limpar, basta um paninho com um produto de limpeza que tudo estará pronto para a próxima bagunça! Porém esta pode não ser a melhor opção para as crianças menores, que costumam cair constantemente quando estão aprendendo a dar seus primeiros passos.

Uma alternativa seria os carpetes modulares, já que são resistentes e tem um preço razoável. Assim, se o pequeno derrubar uma garrafinha de suco não será preciso se preocupar com manchas no carpete, basta trocar o pedaço afetado apenas.

  • No quarto

Os quartos de crianças costuma ficar entulhados de brinquedos, e as paredes também são vítimas da criatividade aflorada de quem está descobrindo o mundo. Um ponto importante é sempre separar um espaço exclusivo para os brinquedos, para quartos maiores você pode preparar uma área em um cantinho e até colocar um cercadinho onde as crianças deverão manter todos dentro.

Como dito acima, elas adoram rabiscar e desenhar, e isso não deve ser reprimido, pois é fundamental para seu desenvolvimento. Uma ideia para salvar as paredes e móveis – e o trabalho de se preocupar em como tirar a marca dos riscos depois – é investir em uma lousinha. Ela pode ser posicionada em um canto do cômodo reservado especialmente para o pequeno fazer sua arte.

Foto: Amy Gizienski/Flickr

Outra ideia legal são os painéis magnéticos, que podem ser pregados à parede e usados para dar asas à imaginação dos pequenos. Basta adquirir peças com imãs ou até fazer isso você mesmo, colando imãs em bloquinhos de madeira, moldes de plásticos, desenhos recortados em cartolina dentre outras várias opções, que contribuem para a personalidade do ambiente.

No quesito piso, como a criança passará uma boa parte do dia em seu quartinho, que tal cobrir uma área do chão com um tapete emborrachado? É muito fácil encontrar esses tapetes de EVA em formato de quebra-cabeças e mega coloridos, com letras, desenhos e até revestidos em pelúcia. Eles ajudam a criar a atmosfera infantil do quarto, dando um toque especial enquanto colaboram para a segurança do seu filho.

Foto: Donnie Ray Jones/Flickr

Quanto aos móveis, dê preferência àqueles com cantos arredondados para evitar acidentes, e aos que possam servir para mais de uma utilidade. Um exemplo são os banquinhos que possuem um espaço interno como se fossem um baú, o qual pode ser usado para guardar brinquedos, roupa de cama, fraldas etc. Além de úteis e de colaborar para a organização, ainda podem servir como elemento de decoração, valorizando o ambiente.

*Este post foi feito em parceria com OMO | Não é publi!


0
17/04/2017
MÓVEIS PRA VIDA TODA: ARQUITETO DÁ DICAS DE COMO REAPROVEITÁ-LOS DURANTE O CRESCIMENTO DA CRIANÇA

Quando o assunto é gravidez, um dos maiores prazeres dos pais é montar o quartinho do bebê. Mas será que é possível utilizar alguns móveis que poderão ser reaproveitados na decoração durante o crescimento da criança? Segundo o arquiteto da Etna, Edson Vieira, dá sim! Basta escolher alguns produtos chaves e cores mais neutras para que os itens possam ser usados por muito mais tempo. Confira as dicas!

A decoração do quarto do bebê é uma das fases mais gostosas que antecedem a chegada do novo membro da família. E entre berço, trocador, armário, cômoda e papel de parede, será que existe algum produto que pode ser utilizado em diferentes fases da vida? De acordo com o arquiteto da Etna, Edson Vieira, alguns itens são bastante versáteis e podem sim ser reaproveitados, mas para isso o ideal é optar por tons neutros, móveis sem estampa e paredes mais lisas. “Nem tudo poderá ser reaproveitado ao longo da vida, como o berço. Porém é possível escolher alguns móveis ‘chaves’ para não gastar tanto a cada mudança de fase da criança. Uma cômoda com um tamanho um pouco maior, uma mesa lateral com um tom mais neutro, uma poltrona que pode até mesmo ser usada por um adolescente são alguns truques para prolongar a decoração do quarto”, revela.

1. Mesa Lateral Kay, Preto, 40X40X52H – R$ 199,90 | 2. Poltrona Vitória, Bronx Cinza, 95X84X100H – R$ 1.899,90 | 3. Poltrona Stella Corano, Canvas, Branco – R$ 999,90 | 4. Cômoda New Lumiere, Branco, 130X49X80H – R$ 1.499,90 | 5. Cômoda Homeline,  Oak e Branco, 139X43 – R$ 1.499,90 | 6. Conjunto Mesa Ninho Lateral Nexus, Amarelo – R$ 649,90

Outra dica importante é a escolha da estampa do papel de parede na hora de decorar o quarto. Segundo o arquiteto, o material precisará ser mudado em algum momento da vida, mas evitar desenhos como ursos, bailarinas, bichinhos e carros pode garantir uma vida útil maior ao produto. “A criança acaba enjoando muito rápido desse tipo de estampa, pois irão aparecer novas preferências. Além disso, papeis mais neutros podem ser utilizados caso o quarto precise ser dividido por crianças do sexo oposto e, até mesmo, usado ao longo da adolescência”, comenta.

7. Papel de Parede Chevre VG, Colorido, 10X52 cm – R$ 229,90 | 8. Papel de Parede Poa, Vinilico, Cinza- R$ 179,90 | 9. Papel de Parede Jasmim, Azul, 10X52 cm  – R$ 229,90 | 10. Papel de Parede Basic, Xadrez Bege – R$ 229,90 | 11. Papel de Parede Pied-Poule, Bege – R$ 229,90

Depois que a criança completa dois anos de idade, é hora de dizer adeus ao berço e abrir espaço para a cama. Na hora de escolher o móvel, muito pontos devem ser levados em consideração, como segurança, conforto e durabilidade do produto. “Os pais devem optar por modelos que podem ser utilizados até a fase da adolescência. Para isso, deve-se evitar camas personalizadas, como as que possuem formatos de carros e castelos, e sempre preferir tons mais neutros”, afirma. Edson conta que peças coloridas, como o rosa e o azul, tem vida curta, pois os jovens não costumam gostar deste tipo de personalização.

Além disso, o profissional conta que, hoje em dia, existem muitos móveis multifuncionais que foram pensados, justamente, para uma durabilidade maior, como o Berço Cama Provence, da Etna. “Ele é um berço, que após a criança completar certa idade, pode ser transformado em cama proporcionando grande economia aos pais”, afirma.

12. Cama Solteiro Moju, Imbuia, 88 cm – R$ 699,90 | 13. Cama Infantil Cody, Branco – R$ 599,90 | 14 e 15. Berço Cama Provence, Branco – R$ 1.799,90

O arquiteto conta que nem tudo poderá ser reaproveitado, já que o tamanho e os gostos da criança mudarão muito até chegar à vida adulta, porém alguns móveis, se escolhidos da maneira correta, poderão ser utilizados em mais de uma fase da vida. “Um armário que pode ser usado no quarto do bebê e a da criança, uma cadeira que pode ser usada do quarto da criança e adolescente e uma escrivaninha que poderá ser usada no quarto de um adolescente e adulto são algumas das possibilidades que o mundo da decoração proporciona”, finaliza.

16. Armário Paris, Branco/OAK, 96X61X201 – R$ 1.499,90 | 17. Armário 2 Portas Deslizantes New Vox, Castanho, 210X63X238H – R$ 4.299,90 | 18. Escrivaninha Margot, Marsala, 2 Gavetas – R$ 949,90 | 19. Cama Mezanino Nuno, Azul Noite – R$ 2.499,90 | 20. Cadeira Giratória Taylor II, Facto Chumbo – R$ 1.199,90

*Todos os preços estão sujeitos a mudanças.


0
15/03/2017
Confira cinco dicas para valorizar o seu banheiro!

O post de hoje é para quem está morando em um imóvel alugado e gostaria de deixá-lo com mais cara de seu, e sem gastar demais!

1. Móveis de Madeira

A madeira é uma das queridinhas para a decoração, mas temos que tomar muito cuidado quando ela é usada em ambientes com o maior fluxo de água, como o banheiro por exemplo. Ela pode compor o espaço com muita elegância e modernidade, se usada nos lugares certos. Na foto abaixo podemos ver que o móvel de madeira deu um charme a mais para o ambiente.

Foto: Histórias de Casa

2. Adesivos de Azulejo

Os adesivos de azulejos são novos no mercado, mas já são fáceis de encontrar, e possuem diversos modelos, para todos os gostos. Como o adesivo está em área molhada, indica-se passar verniz impermeabilizante por cima para melhorar o acabamento e evitar que ele descole. Sem gastar muito você tem um banheiro do seu jeitinho, feito apenas com adesivos.

Foto: Casa Abril

3. Móveis com Rodízios

Quando você tem só a bancada no banheiro, a melhor escolha para gastar menos com marcenaria são os gaveteiros com rodízios. Existem vários tamanhos, modelos e cores diferentes. Entre as diversas opções existentes no mercado, você pode encontrar o ideal para o seu espaço. Na foto, a escolha foi por cores amarelas, móveis marcantes, e que deram um charme pro banheiro. Afinal, cores são sempre bem vindas e dão mais personalidade ao ambiente.

Foto: The Blue Post

4. Plantas e Quadros

Plantas e quadros nos banheiros são sempre uma boa escolha para deixar o ambiente mais charmoso. Temos a opção de um móvel na vertical onde podemos apoiar diversos objetos decorativos, como plantas ou até mesmo revistas. Quadros no banheiro não são comumente encontrados, mas ficam super modernos e ainda podemos colá-los nas paredes para não perfurar nenhum encanamento. Devemos apenas observar se existe grande existência de umidade no espaço, que pode causar danos aos quadros, então o ideal é usá-los em lavabos.

Foto: Decoholic

5. Cestos

Cestos na decoração do banheiro normalmente deixam o ambiente mais rústico. Principalmente nos banheiros menores, os cestos são bem vindos para organização de toalhas, papéis higiênicos, cosméticos, etc. Essa é uma solução de baixo custo, além de sofisticada, e deixa o seu banheiro mais organizado.

Foto: BHG

Espero que tenham gostado das dicas. Me contem nos comentários o que acharam do post e sugiram mais dicas que queriam compartilhar. Beijos.


* Post produzido por Flávia Bertelli, estudante de Arquitetura e Urbanismo.


0
06/03/2017
Dicas para escolher a solução ideal em iluminação para quartos infantis

Na hora de projetar um quarto de bebê é essencial prestar atenção aos mínimos detalhes. Uma iluminação adequada garante tanto a tranquilidade da criança quanto a dos pais, que em boa parte do tempo estão junto aos filhos neste ambiente e, por isso, é fundamental que o cômodo seja acolhedor e ao mesmo tempo funcional.

É pensando nesse aspecto que a Brilia – pioneira no desenvolvimento e comercialização de soluções LED no Brasil – e o light designer Eduardo Becker dão dicas que garantem a escolha certa em iluminação para espaços infantis.

Segundo o profissional, optar por produtos que não causam ofuscamento é a primeira sugestão. “Não existe uma regra para o projeto, mas se aplicada a iluminação de destaque, como lâmpadas do tipo dicroica ou par, importante contemplar lente anti ofuscamento”, afirma Becker. O brilho excessivo de qualquer lâmpada pode incomodar os olhos do bebê, até tirar o sono e estressá-lo.

No aspecto decorativo, Becker indica peças que demonstrem uma leveza e controle total de ofuscamento. “Sempre que possível é bom usar iluminação dimerizável e pequenos balizadores, caso alguém precise entrar no quarto sem acender a luz para não perturbar o bebê”.

Para quartos de crianças em fase escolar, uma iluminação mais branca é indicada para estimular a concentração. No entanto, para que elas possam relaxar em outros momentos, vale optar por uma luz menos intensa, daí a necessidade também da utilização de produtos dimerizáveis.

A Brilia sugere as novas velas dimerizáveis, da linha Intelligent. Com design sóbrio e cheio de charme, os modelos lisos dessas lâmpadas agora vêm com a função dimerização, que regula a intensidade da luz, proporciona um efeito luminoso diferente e dá um toque todo especial no cantinho da criança.

Outra opção que se destaca na iluminação decorativa é o uso dos modelos de bulbos. A bulbo Balloon Filamento, por exemplo, surpreende por seu design e deixa o espaço descolado. É a solução ideal para deixar ainda mais sofisticadas luminárias tipo pendente. Com temperatura de cor quente e aconchegante de 2700K, conta com a tecnologia de filamentos LED que remete às antigas bulbos incandescentes.

Vale ressaltar que o uso do LED em ambientes infantis garante versatilidade e durabilidade ao projeto. Com a escolha da tecnologia, a economia de energia é de até 92%. Aqui no escritório do blog todas as lâmpadas são Brilia e logo logo a gente volta pra mostrar todos os detalhes da iluminação por aqui também.

Instagram ♥ Pinterest ♥ Facebook ♥ Twitter ♥ Youtube ♥ Bloglovin ♥ Snapchat: casadasamigas

♥ Nosso escritório: CDA projetos ♥ Nossa lojinha:  Casa das Amigas {decoração & papelaria}


0
04/10/2016
Pallets na decor: dicas de como usar e arrasar!

Todos sabem que o reaproveitamento de materiais, e também a decoração de baixo custo estão super em alta, e aproveitando esse momento, que tal usar pallets na sua decor? Muitas pessoas acham que os pallets não agregam valor no seu móvel, mas acredite: se for bem feito, combinando com os demais móveis do ambiente, fica incrível, e nós vamos mostrar pra vocês!

  1. Como mesa de centro: Esse é um dos móveis que achamos mais incríveis feitos de pallets, pois servem de apoio na sua sala de estar, ou até no quintal, só lixar bem, impermeabilizar, pode usar com um vidro por cima e tá pronto! Olha que lindo que ficou nessa sala com tijolinho, tons neutros e toques de cor no ambiente?

foto-01

Foto: Julia Ribeiro

  1. Como sofá / cama: Essa é uma técnica muito usada pra quem realmente não quer/pode gastar muito no momento, e que fica um charme! Pode ser usado na sala, no quarto… Só se atentar para que ele fique bem firme e não quebre, e também para o colchão usado ser de um tamanho adequado. Prontinho!

foto-02

Foto: Isadora Fabian via Histórias da Casa

  1. Como mesa de jantar: Não vemos muito por aí mesas de jantar de pallets, certo? Mas acreditem: é possível sim! O ideal é que todas as madeiras utilizadas estejam na mesma tonalidade, bem lixadas, com um vidro em cima, combinados com cadeiras de design, fica lindo!

foto-03

Foto: via Arte com Quiane

  1. Como Jardim Vertical: muito utilizados para jardins, os pallets são ótimos para pendurar na parede e criar uma composição com várias plantas diferentes… Não esqueça: se for ficar ao ar livre, tem que impermeabilizar muito bem antes, ok?

foto-04

Foto: via Yogui

avatar-03

Instagram ♥ Pinterest ♥ Facebook ♥ Twitter ♥ Youtube ♥ Bloglovin ♥ Snapchat: casadasamigas

♥ Nosso escritório: CDA projetos ♥ Nossa lojinha: Casa das Amigas {Party designer}


0
20/09/2016
Ladrilho hidráulico: dicas para você ter também!

Ladrilho hidráulico ou conhecido também como piso hidráulico é um revestimento artesanal feito com cimento que pode ser utilizado em paredes ou pisos. Possuem alta resistência e podem ser aplicados em ambientes externos e internos. Os ladrilhos foram apresentados como uma alternativa para o mármore que é um material com alto custo.

Antes da utilização dos ladrilhos outros revestimentos eram utilizados como por exemplo os revestimentos em madeira, piso de madeira natural, taco, piso pronto, piso de demolição e porcelanato de madeira, porém o ladrilho pode ser um grande negócio por conta das suas principais características, que listamos a seguir.

ladrilho-hidraulico-jpg-2

Foto: por Lopes

As principais características desse revestimento:

– Revestimento produzido artesanalmente que tem a possibilidade de personalização da peça.

– Pode se utilizar diversas cores e desenhos, o que possibilita combinar com todo tipo decoração.

– A manutenção desse tipo de revestimento é pouca. Ele não exige muito muitos cuidados, apenas lavar com agua e sabão.

– O ladrilho não sofre muita dilatação e por isso não é necessário o rejunte.

-São bastante resistentes ao uso e ao tempo.

– Escolha o tipo de argamassa para cada tipo de ambiente:

1-Argamassa AC1 para ambientes internos

2-Argamassa AC2 para ambientes externos

3-Argamassa AC3 para ambientes internos e externos

Dois ambientes que são ótimas opções para serem utilizados os ladrilhos hidráulicos são o banheiro e a cozinha. Ambos são lugares com maior umidade e que sofrem com a ação do tempo e dos produtos de limpeza, por isso são ideais para serem revestidos com esse material mais resistente.

Gostou das dicas? Fique pode dentro das novidades no blog da Lopes

*Este post foi feito em parceria com Lopes | Não é publi!


avatar-03

Instagram ♥ Pinterest ♥ Facebook ♥ Twitter ♥ Youtube ♥ Bloglovin ♥ Snapchat: casadasamigas

♥ Nosso escritório: CDA projetos ♥ Nossa lojinha: Casa das Amigas {Party designer}


0
06/09/2016
Dicas de como adaptar o ar condicionado na sua decoração!

Com a mudança de tempo repentina, até no inverno precisamos pensar (e usar!) o nosso amado ar condicionado, concordam? Seja frio ou quente/frio, hoje ele se tornou um objeto necessário no nosso dia a dia, tanto em casa quanto no trabalho. E por isso, vamos dar dicas de como usá-lo no seu espaço de forma que a sua decoração continue em harmonia!

01_Estar+IMG_9159-2

Foto: Mariana Orsi | Fernanda Marques

1. Criando harmonia de cores: Devemos ter cuidado para que o aparelho não se torne o elemento principal da decoração, evitando o contraste das cores não damos grande destaque para ele. Por exemplo: Se sua parede é clara, opte pelo modelo branco tradicional; já se sua parede for cinza, preta, ou até mesmo de espelhos, prefira os prateados/espelhados, além de serem super charmosos, eles ainda “camuflam” nesses tons.

06_menina+IMG_9252-2

Foto: Mariana Orsi | Fernanda Marques

SK5A5111_b

Foto: Demian Golovaty | Fernanda Marques

2. Use a marcenaria a seu favor: Caso não queira que o ar condicionado apareça, é possível fazer um painel ou porta ripada, mas tome o máximo de cuidado para que o mesmo não obstrua a saída do ar (usando aproximadamente a proporção de 1cm de ripa para 2cm de vão livre).

apartamento-bianchi-lima-01

Foto: Mariana Orsi | Casa Vogue

apartamento_rj_atelie_de_arquitetura_02

Foto: Casa Vogue

3. Como parte da sua decoração: Caso não queira, ou não tenha como usar a marcenaria no local de instalação do ar condicionado, por que não usá-lo como parte de toda composição? É possível mantê-lo acima de um quadro ou até mesmo de um móvel! O modelo escolhido faz toda a diferença nesse momento, podendo ser um Split, ou então um modelo Cassete, que fica no forro do gesso, tornando seu aparelho quase imperceptível.

apartamento_rj_atelie_de_arquitetura_04

Foto: Casa Vogue

apartamento-paula-nader-03

Foto: MCA Estudio | Casa Vogue

4. Condensadora: Não podemos esquecer que a condensadora ocupa um espaço significante nas nossas casas. Quando não existe um local adequado para sua instalação, geralmente é colocada na varanda do apartamento. Então, pode-se criar um aparador ou um móvel ripado que o deixe mais “escondido” (novamente, é importante lembrar-se de deixar o espaço para o ar quente sair!).

SK5A0199_b

Foto: Demian Golovaty | Fernanda Marques

Gostou dessas dicas? Então clique aqui e baixe gratuitamente o guia completo do ar-condicionado. Com esse guia você tira todas suas dúvidas sobre esse equipamento e ainda aprende como escolher o modelo ideal para o seu ambiente!


30/08/2016
4 dicas de como usar o Rosa na decoração!

Há quem pense que o rosa é uma cor exclusivamente feminina, mas convenhamos que isso não é verdade… Certo? Hoje vamos mostrar como utilizar essa cor que vem conquistando cada vez mais espaço na decoração. Como vocês já sabem, a Pantone definiu o Rosé Quartz como uma das cores do ano, e nós (e todo mundo!) nos apaixonamos de vez pela cor queridinha do momento. Então vamos dar 4 dicas de como usá-la na decor, seja apenas como um detalhe, ou como o protagonista do seu espaço!

1. Na parede: essa dica é clássica, já que você pode facilmente trocar a cor da pintura ou papel de parede quando (se) enjoar. Seja na parede toda, meia parede ou até quem sabe usando um adesivo nesse tom, vale ousar para deixar o seu ambiente super charmoso e também mais divertido. Claro que se for um revestimento diferenciado, como um azulejo, já fica mais difícil de trocar, mas fica lindo! Haha Separamos algumas imagens que com certeza irão inspirar vocês!

rosanadecor-01

Foto 1 | Foto 2 | Foto 3

rosanadecor-02

Foto 1 | Foto 2 | Foto 3

2. Nos móveis: pra quem já é adepto do rosa na decoração, que curte essa cor, então pode ser que já tenha uma cadeira, ou uma mesinha lateral nesse tom, certo? Mas pra quem ainda não tem, pode se jogar sem medo: aposte num sofá, uma cadeira no escritório, uma cômoda, ou quem sabe, até uma geladeira? Há quem ouse bastante e faça os móveis da cozinha nessa cor, você arriscaria?! haha

rosanadecor-03

Foto 1 | Foto 2 | Foto 3

rosanadecor-04

Foto 1 | Foto 2 | Foto 3

3. Nos detalhes: pra quem ainda está em dúvida se o rosa é a sua praia, que tal arriscar de leve, nos pequenos detalhes da decoração? Seja num quadro, uma almofada, ou até num pendente, fica mais discreto e também existe a possibilidade de trocar os objetos depois de um tempo.

rosanadecor-05

Foto 1 | Foto 2 | Foto 3

4. Como combinar? O Rosa parece ser uma cor muito difícil de ser combinada, mas vamos mostrar que ele orna facilmente com outros tons, como cinza, amarelo, preto, branco, madeira, tijolinho, cobre.. Ufa! São tantas opções que fica até difícil mostrar tudo por aqui, mas vamos tentar exibir algumas composições que ficam incríveis.

rosanadecor-06

Foto 1 | Foto 2 | Foto 3

rosanadecor-07

Foto


avatar-03

Instagram ♥ Pinterest ♥ Facebook ♥ Twitter ♥ Youtube ♥ Bloglovin ♥ Snapchat: casadasamigas

♥ Nosso escritório: CDA projetos


0
12/07/2016
Dicas de como usar ladrilho hidráulico

Em qualquer passada por revistas ou blogs de decoração é possível ver uma seleção de cozinhas, banheiros, varandas e até salas decoradas e transformadas com a simples adição de adesivos, azulejos ou ladrilhos hidráulicos.

89212-outros-ambientes-casa-cor-2012-cozinha-da-casa-lamego-mancini-arquitetura-viva-decora

101076-outros-ambientes-apartamento-na-av-atlantica-maria-helena-torres-viva-decora-101076

O Ladrilho hidráulico, tradicional revestimento, caiu novamente no gosto dos profissionais e dos apaixonados por decoração. O processo para fabricação é manual e bastante trabalhoso, até por isso o preço desse revestimento tão lindo, não costuma ser muito convidativo.

5723-banheiro-residencia-na-montanha-david-guerra-viva-decora

Uma opção mais em conta para quem faz questão das estampas coloridas em casa, é investir em azulejos estampados com o acabamento que imita o ladrilho hidráulico. As marcas têm se esforçado e já é possível encontrar muitas as opções de cores e desenhos.

84888-jardim-residencia-jardim-marajoara-meyercortez-arquitetura-design-viva-decora

87630-outros-ambientes-viva-decora

Os adesivos são uma solução ainda mais interessante para quem quer economizar alguns reais. A internet oferece várias opções de composições diferentes para baixar e mandar imprimir em uma gráfica. Lojas de decoração também oferecem kits de estampas coordenadas, o seu único trabalho neste caso, é limpar bem os azulejos, ou seja, superfície escolhida para colar os adesivos.

25155-banheiro-casa-praia-da-baleia-iii-in-house-viva-decora

No caso dos adesivos é importante que o material seja resistente à água e ao vapor, ponto principal de preocupação quando tratamos de uma área molhada, como a pia da cozinha e o banheiro, por exemplo.

Post em parceria, por Viva Decora. | Não é publi.


0


© Casa das Amigas 2013, Todos os direitos reservados.
Design por Jessica Chan | Programação por Sara Silva