CDA Projetos - arquitetura & interiores Planner 2019 Bodas de papel CDA Projetos - Tenha essa decor
19/12/2018
Poltrona decorativa: dicas para deixar o seus ambientes mais modernos e equilibrados

Quando o assunto é organização, uma série de móveis imediatamente vem à cabeça. Seja para compor ambientes como escritórios, salas de estar, recepções, entre outros lugares, um objeto acaba se sobressaindo por causa de seu design e conforto: a poltrona decorativa.

Desenvolvida para dar mais charme e elegância para espaços de lazer, descanso ou trabalho. De fato, esse móvel ganha a projeção necessária para mostrar o quanto pode ser versátil em diversas situações do cotidiano.

Para você que está pensando em decorar seus ambientes, sejam eles domésticos ou profissionais, com poltronas decorativas, não se preocupe.

Nós preparamos algumas dicas que vão te ajudar nessa tarefa e facilitar sua vida. 

Dica 1: busque um equilíbrio entre espaço e conforto

De fato, espaço e conforto são dois elementos conectados. Para que um exista, é preciso que o outro também esteja presente. Por isso, dependendo do tamanho da poltrona decorativa para sala, será necessário deixar uma área livre ao redor dela. Geralmente, a circunferência gira em torno de 70 cm. Medida mínima para que os ocupantes do cômodo possam andar pelo ambiente sem esbarrar no móvel ou outros próximos.

Como estão dividindo o espaço com os sofás, um dos principais protagonistas da sala de estar, as poltronas decorativas precisam manter o ambiente livre para a circulação. Portanto, na hora de comprá-las, considere bem o espaço que vão ocupar para não comprometer o conforto no ambiente.

Por se tratarem de um móvel pensado para ser funcional, as poltronas devem atender à necessidade mais básica dos moradores e visitantes, que é manter o corpo relaxado e confortável, não importa a ocasião. A presença de detalhes como extensores para os pés, por exemplo, podem aumentar o conforto e dar um ar premium para o móvel.

Dica 2: as cores precisam estar sempre em harmonia

O próprio nome “poltrona decorativa” já revela o seu propósito: ser confortável e decorar o ambiente. Além de quebrar a monotonia do espaço, dá mais personalidade aos ambientes. Dessa forma os torna ainda mais aconchegantes, divertidos e personalizados. Cores vibrantes, por exemplo, conseguem transmitir mais alegria, energia, descontração e leveza. Enquanto os tons mais neutros se encaixam melhor em ambientes modernos.

Acompanhar a cor predominante do sofá também é uma boa forma de escolher a cor da poltrona. Caso ele seja liso, sem detalhes, o móvel auxiliar pode ser mais colorido e com estampas. O único cuidado que precisa ser tomado diz respeito ao uso de tons complementares e contrastantes.

Dica 3: atenção ao estilo predominante do ambiente

Aqui o estilo da decoração é o que vai ditar toda forma como a sala de estar, recepção ou quarto será decorada. Especialmente quando a poltrona decorativa estiver em cena.

Como existem modelos giratórios, com acabamento metalizado, revestimento de couro ou veludo, superfície lisa ou estampada. Tanto o design quanto a tonalidade do móvel precisam estar em harmonia com o ambiente. Principalmente se ele possuir quadros, racks, mesas de centro, estantes, nichos, entre outros itens decorativos.

Por falar em ambiente, caso ele seja baseado na decoração rústica, associada à natureza, vida no campo e ao bem-estar físico e mental. Uma poltrona com acabamento ou detalhes em madeira acaba se encaixando muito bem. Dessa forma enriquecendo cada canto e chamando a atenção para o centro do móvel.

Se o estilo clássico, baseado na presença de móveis elegantes e ricos em detalhes, prevalecer, a tradicional poltrona Luís XV é a melhor opção. Feita a mão, essa poltrona decorativa chama a atenção pelo acabamento minucioso.

Para ambientes que possuem características mais antigas, que remetem ao clássico e tradicional, uma poltrona decorativa em formato egg é a melhor escolha. Sinônimo de conforto e estilo, essa poltrona decorativa para sala de estar conta com uma anatomia perfeita para relaxar as costas e envolver o corpo até a região da cabeça.

Dica 4: a quantidade de itens influência na organização

O excesso de móveis próximos uns dos outros pode tornar qualquer ambiente poluído visualmente. Além de atrapalhar a circulação de pessoas que passam por ele. No caso da decoração da sala de estar com poltronas decorativas isso não é diferente.

Portanto, antes de comprar uma ou mais poltronas, considere o espaço disponível no cômodo para não interromper o fluxo de pessoas. Ambientes pequenos podem, sim, receber mais do que uma poltrona, porém elas devem manter uma distância de, no mínimo, 70 cm uma da outra e não invadir o espaço de outros móveis.  

Para ambientes em que o espaço não é um problema, investir em um mix de poltronas decorativas pode ser uma alternativa interessante para quem costuma receber muitos convidados de uma só vez. Neste caso, uma sequência em uma única cor consegue transmitir uma sensação de unidade para o ambiente. Até mesmo a mesclagem de tons diferentes consegue renovar o espaço sem deixá-lo poluído visualmente. 


0








© Casa das Amigas 2018, Todos os direitos reservados.