CDA Projetos - arquitetura & interiores CDA Projetos - Tenha essa decor Decor casamento Cami e Jacob

Arquivo da tag '#dicas'



14/09/2018
Festa em casa: noivado

A gente sempre fala aqui que qualquer comemoração merece uma festa ou pelo menos um jantar especial não é mesmo? E hoje viemos mostrar mais uma festa que foi feita em casa e que ficou um charme só, pra provar pra vocês que é possível sim fazer festa em casa! Esses dias mostramos aqui no blog um aniversário, e agora é hora de mostrar como fazer um noivado lindo e cheio de detalhes em casa.

Os noivos queriam oficializar o noivado com a família em um jantar íntimo mas cheio de detalhes e muito amor! Afinal, nada como celebrar o amor não é mesmo? Como o noivado era bem íntimo e para poucas pessoas, a decoração era apenas para a mesa da família e claro, uma mesa de doces que foi montada no aparador da sala de jantar.

A decoração foi com a clássica combinação branco e dourado, fica lindo, delicado e combina perfeitamente com noivado não é mesmo? Além de muitas flores, uma papelaria básica com menu e quadrinhos ajudaram a compor e deram um toque especial tanto na mesa dos convidados, como na mesa de doces.

Para lembrancinha a noiva pensou em um mimo maravilhoso e que é a cara dela, mini orquídeas, ficou lindo e super delicado! Pra acompanhar, e deixar o mimo ainda mais fofo, uma tag agradecendo a presença! Não precisa de muito pra ficar lindo e ser suuuuper especial!

{ Fotos: Casa das Amigas | Decor e papelaria: CKC Studio faceinsta }

Não ficou lindo demais esse noivado? Mesmo sendo uma festa em casa o resultado ficou incrível, uma decoração simples e linda para comemorar uma data especial!

Gostam de ver nossas ideias para festas? Então conta pra gente que tipo de festa vocês mais gostam de ver por aqui para compartilharmos com vocês!

Beijos e um ótimo final de semana!


0



22/08/2018
Como transformar sua varanda

Nós já mostramos aqui várias ideias super legais para transformar totalmente a varanda, por mais pequena que ela seja. Hoje resolvemos compartilhar mais algumas ideias simples que fazem toda diferença pra deixar a sacada super charmosa ou para aproveitar melhor para receber os amigos.

No apê da Cami a varanda é beeeem mini, e mesmo sendo mini tem uma churrasqueira e uma pia, pra liberar espaço na bancada a solução que encontramos foi bem simples: uma prateleira na parede para colocar vasinhos, tempero e deu até pra colocar um quadrinho fofo. Assim a bancada fica livre na hora de preparar os churrascos.

O suporte metálico está com tudo e cada vez aparece mais na decoração, compramos o suporte e a placa de pinus na Leroy merlin e pronto, com menos de R$100,00 conseguimos um cantinho lindo pra colocar vasos! O quadrinho tem pra baixar aqui no blog e fica super fofo em qualquer ambiente!

Foto: Casa das Amigas | Projeto: CDA Projetos

Lembram dessa varanda que já apareceu aqui? O espaço mesmo sendo grande, era pouco utilizado, por isso a solução foi criar ideias fáceis para aproveitar melhor esse cantinho gostoso. Utilizamos um pallet que é super simples de encontrar, futtons e muitos vasos para decorar e colocar plantinhas, pronto! Varanda aconchegante, com cantinho novo pra curtir um café da tarde com a família, não ficou lindo?

Foto: Casa das Amigas | Projeto: CDA Projetos

Já nesses 2 projetos, as soluções foram utilizar uma marcenaria planejada para aproveitar melhor os espaços. Os clientes queriam além da mesa para refeições, uma parede verde para colocar plantinhas, em ambos os casos o espaço ficou super bem aproveitado e foi feito de acordo com o gosto de cada cliente, o resultado ficou incrível!

Projeto: CDA Projetos

E se mesmo depois dessas dicas você ficou com dúvida do que fazer na sua varanda, o ideal é contratar um profissional que vai saber te auxiliar e valorizar ainda mais seu ambiente! Se quiser conhecer mais do nosso trabalho é só mandar um email para [email protected] ou acessar nosso portfólio no site, vamos amar te ajudar!

 


0



14/08/2018
Dicas de iluminação | Iluminação do escritório CDA projetos

Se tem um assunto que rende muito e também surgem muitas dúvidas na hora de reformar, é a iluminação. Já adiantamos que o ideal é contratar um profissional que vai saber auxiliar qual o melhor tipo, além de valorizar os detalhes certos de cada ambiente. Quando falamos de lâmpadas nós particularmente sempre damos preferência para as lâmpadas de led com tom amarelado (3000K), isso porque elas deixam os ambientes mais aconchegantes. Mas claro que existem casos e casos, em uma cozinha, closet ou banheiro por exemplo, o uso da lâmpada branca é mais apropriado.

Aqui no escritório usamos 3 tipos, que são os que mais usamos em nossos projetos, por isso vamos falar um pouquinho de cada um, e quem sabe já não te ajudamos na hora decidir a lâmpada ideal.

– Par 20: perfeitas para destacar objetos e valorizar o ambiente; possuem um facho de luz mais fechado por isso não são tão indicados para iluminação geral. Para valorizar os quadros do escritório utilizei a par 20 em um trilho e direcionei a lâmpada para os quadros, o efeito ficou incrível!

Também utilizamos a par 20 na parede chakboard, dessa vez embutidas no gesso, reparem o desenho que ela fez na parede, valorizou ainda mais esse detalhe!

– Bulbo e filamento: no caso do uso de pendentes as lâmpadas de led bulbo ou de filamento são as mais indicadas, mas o uso de cada uma depende da funcionalidade do ambiente. As lâmpadas de filamento de led são mais decorativas e não iluminam tanto quanto a bulbo; na mesa de reuniões usamos a bulbo por ser uma área de trabalho e necessitar mais iluminação. Enquanto no banheiro utilizamos a de filamento por ser mais decorativa. Elas também são utilizadas em plafons para iluminação geral.

Painel de LED: as placas de led vieram com tudo para substituir as lâmpadas fluorescentes, utilizadas para iluminação geral são discretas e perfeitas para escritórios, cozinhas e quartos, podendo ser de embutir ou de sobrepor. Aqui no escritório usamos o plafon de embutir na área de trabalho, e no banheiro utilizamos um plafon de sobrepor, ambos com tom amarelado por gostarmos mais dessa iluminação mais aconchegante.

Projeto: CDA projetos | Fotos: Rodrigo Pequeno Fotografia

E aí, gostaram das dicas e de saber um pouco mais da iluminação aqui do escritório? O tema é bastante extenso e são inúmeras as possibilidades na hora de fazer um projeto de iluminação, por isso sempre recomendamos a contratação de um profissional que vai saber te auxiliar e valorizar ainda mais seu ambiente!

Se quiser conhecer mais do nosso trabalho é só mandar um email para [email protected] com acessar nosso portfólio no site!


0



31/07/2018
4 dicas de como usar o azul marinho na decoração!

Quando pensamos na decoração em azul marinho, em primeiro lugar pensamos no estilo náutico, não é mesmo? Mas convenhamos que ele vai muito além disso, é chique e atemporal. Já mostramos aqui como usar o rosa na decor, e hoje vamos dar dicas dessa cor maravilhosa que é o marinho! Pra quem acha que ele é uma cor masculina, dessa vez vamos discordar, combinado com as cores certas, ele se torna neutro ou uma cor de destaque pro seu ambiente. Vamos às dicas?

1. Na parede: seja com uma pintura, um papel de parede nesse tom, ou até um revestimento, aqui ele com certeza será o protagonista na sua decoração, e é importante que os elementos e objetos decorativos fiquem harmônicos com o tom. Se você é uma pessoa que gosta de mudar sempre, então aposte na pintura, que é fácil de trocar! Que tal essas inspirações que separamos?

Pintura  | Foto: Apartamento 33

Revestimento | Projeto: Renata Cafaro | Foto: Mariana Orsi

2. Nos móveis: pra quem gosta de ousar, um sofá, uma mesa lateral ou até os móveis da sua cozinha em marinho ficariam maravilhosas na sua decoração. Pra não carregar demais o ambiente, mescle com tons mais claros, como por exemplo, uma bancada clara na cozinha, ou um tapete neutro compondo com o sofá.

Projeto: Andrea Vasconcelos | Foto: Mariana Orsi

Projeto: Prole Arquitetura | Foto: Mariana Orsi

Projeto: Bianchi e Lima | Foto: Mariana Orsi

3. Nos detalhes: essa dica é pra quem não quer arriscar muito, mas deseja ter um toque de cor na sua decor. Aposte em almofadas, quadros, mantas, roupa de cama e quem sabe, até um tapete com esse tom. Nós adoramos como essa cor traz, quando usado de forma condizente com os demais itens do ambiente.

Projeto: Duda Senna | Foto: Mariana Orsi

Projeto: LD Arq | Foto: Mariana Orsi

4. Como combinar? O marinho combina muito bem com tons neutros, como bege, cinza, branco, e também preto, madeira, assim como texturas de cimento queimado, tijolinho e até com o revestimento metrô white!

Projeto: AP41 | Foto: Gisele Rampazzo

Vocês já tem o marinho incorporado na decoração do seu espaço? Conta pra gente o que você mais gosta nessa cor! Beijo


0



19/07/2018
3 dicas pra você trabalhar em home office

Já compartilhamos por aqui várias ideias de decoração pro seu home office, seja ele integrado com a sua sala, ou se tem um cômodo inteirinho pra chamar de seu. Esses dias perguntamos no instagram quem trabalhava em casa, e se tinham dúvidas sobre o que funciona, então hoje o post não é sobre decoração do espaço, mas vou contar um pouco sobre a minha experiência com home office!

1. Tenha um local adequado

Essa dica é fundamental se você quer ter sucesso e se adaptar nessa rotina. Ter um espaço dedicado para ser seu local de trabalho é essencial, mesmo que for apenas uma mesa e uma cadeira, confortáveis e ergonômicos. Então crie um espaço que atenda as suas necessidades, como por exemplo, se você tem e usa muitos papéis, tem que ter um gaveteiro ou um local para guardar esses itens. Eu optei por ter a mesa, sem gavetas, então uso organizadores para colocar as canetas, agenda, pendrive e outros materiais pequenos do dia a dia. Além disso, uso muito o computador, então ele tem que estar em uma altura adequada para a visão, além de ter uma cadeira confortável com regulagem de altura.

Manter esse espaço organizado também é importante pra você não perder tempo pra achar onde anotou aquele contato importante, ou alguma alteração que o seu cliente pediu.

2. Iluminação e instalações elétricas

Todos os itens que vou citar estão interligados, mas não podemos esquecer que uma boa iluminação é primordial para trabalhar, e pode inclusive influenciar na sua produtividade. Se possível, tenha o maior aproveitamento de luz natural perto da sua mesa, sem criar ofuscamento e sem criar sombras (por ex: se você é destro, evite ter o foco de luz do lado direito), além de que janelas e portas abertas ajudam na ventilação do espaço.

Não podemos esquecer da iluminação artificial,  que deve ser instalada de forma a criar uma uniformidade em todo o ambiente, de forma difusa, sem gerar brilho excessivo, e isso pode ser feito usando lâmpadas de LED na tonalidade branca.  Se não tiver pontos suficientes para todo o ambiente, a iluminação pode ser complementada com luminárias de mesa direcionáveis.

Outro ponto que devemos destacar, é observar se você tem no espaço destinado ao home office, tomadas, pontos de internet, ou se o wifi pega bem no local, assim você não precisa ficar puxando fios e deixando o ambiente esteticamente poluído.

3. Defina uma rotina

Aqui é preciso que você saiba o que funciona pra você, qual horário você é mais produtivo, pra poder se organizar e definir sua rotina. Por exemplo: eu não sou uma pessoa que trabalha bem nas manhãs, então eu tiro esse tempo pra organizar as coisas da casa, colocar tudo em ordem, planejar o meu dia, e responder alguns e-mails. Então, como sou mais produtiva a tarde e a noite, me planejo pra fazer projetos, escrever pro blog, e demais atividades que demandem mais atenção nesses períodos. Tendo isso definido, fica mais fácil você planejar suas atividades de acordo com o que você precisa fazer naquele dia, não perder prazos e cumprir suas metas.

E como faz pra fugir das distrações que temos em casa? A palavra chave para isso é: foco. Mantenha-se dentro das suas tarefas planejadas, tire o pijama, coloque uma roupa de trabalho, não sente no sofá depois do almoço e organize sua agenda… hahahaha Parece bobo, mas pra mim isso funciona muito bem. E pode também colocar na sua programação aquela pausa pro café, pra regar as plantas, e apreciar o pôr do sol, se isso te faz bem, por que não?

E aí, quem trabalha em casa, como é a sua rotina? E quem não trabalha ainda, mas quer adotar essa prática, o que achou das dicas? Contem pra gente, vamos adorar conhecer um pouco mais do dia a dia de vocês!

Beijos, Lola!





30/05/2018
Restaurante com decor industrial embaixo da linha do trem

Se você está com viagem marcada para Buenos Aires, você não pode deixar de conhecer esse restaurante incrível com decor industrial que fica embaixo da linha do trem!

Quando fomos para Buenos Aires, fomos fazer o clássico passeio pelo rosedal e pensamos em almoçar por lá, foi aí que encontramos esse restaurante e adoramos a vibe e decor dele. O Rock & Ribs fica embaixo dos arcos do rosedal, por isso a decoração acompanha o estilo rústico e industrial do lugar, as paredes de tijolinho a vista, é claro que ganharam nosso coração, mas a personalidade e os detalhes do ambiente é que chamam atenção.

Muito ferro, madeira de demolição, cores fortes e objetos decorativos trazem o ar industrial para o restaurante. Além da área do bar e atendimento eles pensaram uma maneira incrível para otimizar o espaço, patamares diferentes permitem mais espaço para acomodar os clientes com mesas compridas e individuais. Além da área interna do restaurante, eles também tem um lounge externo com cadeiras e mesinhas para quem quiser curtir a paisagem e os ares de Buenos Aires.


Fotos: Casa das Amigas e Rock & Ribs

Demais essa decor, não? Somos apaixonadas por tijolinhos e a combinação dele com qualquer elemento, sempre fica incrível! A melhor parte de viajar é isso, conhecer lugares inusitados e incríveis não é mesmo? E se tiver comida boa, melhor ainda! hahahah E aqui no blog a gente sempre tenta mostrar alguns lugares lindos que já conhecemos pra compartilhar a dica com vocês!

Beeijos


0



15/05/2018
9 Dicas de como escolher um imóvel para comprar

Pensando em adquirir um imóvel próprio? Confira as dicas que separamos para você

É comum ter algumas dúvidas na hora de realizar o sonho da casa própria. Além de ser um investimento bastante alto, há algumas variáveis que devem ser levadas em conta antes de assinar o contrato. Pensando nisso, separamos algumas dicas de como escolher um imóvel para comprar:

1. Faça visitas em horários diferentes

É interessante que você visite aqueles imóveis que mais gostou em horários diferentes, especialmente durante a noite e fins de semanas. Com essa avaliação, você consegue determinar a posição do sol na propriedade, assim como analisar como é o barulho da região nas horas mais calmas e nas mais agitadas.

 

Foto via: Duda Senna

2. Tire fotos ou filme o imóvel

São várias visitas em casas e apartamentos até encontrar aquelas que mais combinam com o seu perfil, não é mesmo? Depois de um tempo, as recordações sobre cada um desses imóveis podem ficar um pouco embaralhadas. Por isso, tire fotos ou filme todos os ambientes da propriedade e depois separe essas imagens por pastas no seu dispositivo. Assim, fica mais fácil comparar e estudar com mais calma tudo aquilo que visitou.

3. Decida por novo ou usado

Escolher entre um imóvel novo ou usado pode economizar bastante tempo, afinal o seu perfil de compra fica mais restrito. Mas antes de fazer essa decisão é fundamental que você conheça os prós e contras dessas duas opções.

Normalmente, as propriedades novas costumam ser mais seguras, geram menos gastos com manutenção e no caso dos apartamentos, tem um condomínio mais completo e com uma boa área de lazer. Por outro lado, essa versão tende a ser mais compacta e mais cara, além dos gastos extras com o acabamento ou outras reformas que podem ter.

Já os imóveis usados, em geral, contam com áreas maiores e preços mais baixos. Contudo, a chance de custos com manutenção é alta, além dos condomínios serem bem mais simples (menos coisas inclusas) e caro.

4. Estude as características da região

A localização do imóvel é um dos pontos mais importantes na escolha pelo lar dos sonhos. Por isso, estude como é a vizinhança do local, sua infraestrutura, quais serviços são disponíveis aos arredores e se a locomoção é fácil, seja com veículo próprio ou transporte público.

Também é interessante pesquisar o histórico de criminalidade do bairro. Você pode fazer isso procurando por notícias em jornais online ou conversando com moradores e comerciantes da região.

5. Pense no futuro

Comprar um imóvel envolve um alto investimento e uma série de custos extras. Ou seja, a maioria dos brasileiros adquire uma propriedade com a expectativa de morar ali para sempre. Sendo assim, é muito importante que ao pesquisar pelo seu novo lar, você pense em como deseja que seja o seu futuro.

Por exemplo, atualmente você tem um casal de filhos pequenos que dividem o quarto tranquilamente. Mas, será que essa divisão vai funcionar quando eles forem adolescentes? Talvez, o ideal fosse pensar em um imóvel com 3 quartos.

 

Foto via: Assim eu gosto

6. Se for comprar na planta, pesquise sobre a construtora

Ao escolher um apartamento na planta, existem alguns cuidados que precisam ser levados em conta. O principal deles é em relação à reputação da construtora. Você pode pesquisar sobre a empresa na internet, verificar o site do Tribunal de Justiça para ver se existem processos contra ela e visitar algum empreendimento que já tenha sido entregue para checar a experiência dos moradores.

7. Avalie o tamanho e os defeitos

Uma forma de entender se o imóvel atende as suas expectativas é tentar imaginar como você colocaria seus móveis e quais reformas gostaria de fazer.

Se você gostou do resultado da sua imaginação, não deixe de estudar todos os detalhes da propriedade. Procure por possíveis defeitos, como rachaduras, mofo, falhas na hidráulica ou elétrica, vazamentos, umidade e estado das portas e janelas. Os condomínios também devem ser analisados, então observe o estado de conservação das áreas comuns e converse com o zelador ou porteiro para saber qual é a periodicidade de manutenção.

Foto via: Casa Vogue

8. Se for morar em condomínio

Antes de assinar o contrato, converse com o síndico do condomínio e conheça todas as regras para morar no apartamento. Esse bate-papo prévio permite que você saiba se vai se adequar ou não ao local. Por exemplo, alguns condomínios não permitem animais de estimação e você não consegue se imaginar sem o seu bichinho.

9. Escolha a forma de pagamento

Tão importante quanto à escolha do imóvel é a decisão pela forma de pagamento. Quando falamos de investimento imobiliário, as duas principais opções são o financiamento bancário ou o consórcio. Conheça as diferenças entre as modalidades, assim como as suas vantagens:

COMO FUNCIONA

Consórcio de Imóveis: o consórcio funciona como uma poupança, ou seja, a compra é programada. Essa opção funciona melhor para aqueles que não têm urgência em comprar o imóvel.
O investimento é administrado por uma empresa, que reúne um grupo de pessoas com o mesmo objetivo para criar um fundo de poupança. Quando o consorciado é contemplado, ele já pode realizar a compra.

Financiamento Bancário: o financiamento funciona como uma compra parcelada, em que o valor é dividido – e acrescido de juros – em um prazo estabelecido por contrato.

TAXAS COBRADAS

Consórcio: não cobra juros, somente uma taxa de administração. Por isso, normalmente as parcelas nesse investimento são mais acessíveis do que as do financiamento bancário e o Custo Efetivo Total (CET) muito menor.

Financiamento: além dos juros, as instituições trabalham com algumas outras taxas administrativas.

PRINCIPAIS VANTAGENS

Consórcio: não há cobrança de valor de entrada e nem incidência de taxa de juros; sem burocracia; grande variedade de opções de prazos e créditos; custo efetivo total menor. 

Financiamento: depois da avaliação do crédito, se aprovado, a liberação do valor para a aquisição do bem é imediata.

Escolher um imóvel para comprar pode ser uma tarefa bastante divertida, e com as orientações de hoje, ela se torna simples também. Enquanto pensa na decoração do seu novo lar, continue acompanhando a Casa das Amigas para mais dicas de DIY, design, decor e muito mais. E para saber mais sobre investimentos, planejamento financeiro e mercado imobiliário, venha conferir o site da A7 Consórcios.


0



04/05/2018
10 ideias para lembrancinha de casamento

Se tem uma coisa que todo mundo fica em dúvida é “o que posso dar de lembrancinha no casamento?”, e como vocês já acompanharam AQUI, no casamento da Cami tinham várias ideias de lembrancinhas fáceis e lindas para os convidados. Então pra facilitar ainda mais pra vocês, resolvemos reunir em um só post 10 ideias de lembrancinhas liiiindas e cheias de estilo!

1. Saquinho com suspiros: quer ideia mais fofa? Um saquinho kraft, papel rendado, tag fofa escrito “suspiros de amor” e pronto, depois é só preencher o saquinho com suspiros. Fica lindo e cheio de amor! Pra ver mais sobre esse cantinho, clica aqui.


Fotos: Jeff Matsumoto

2. Caixinha com doces: costumo dizer que as comidinhas são as melhores opções, não tem erro e todo mundo ama! Para nosso casamento colocamos um pão de mel e um brownie, que são nossos doces preferidos, mas você pode colocar o que quiser, e claro, personalizar pra deixar ainda mais fofo!

Fotos: Jeff Matsumoto

3. Chinelo: item obrigatório para casamentos, praticamente nem entra como lembrancinha já que toda festa tem não é mesmo? Fiz os meus com a  Só Chinelos e super recomendo, ótimo custo benefício e ficaram exatamente como eu queria.

Foto: Jeff Matsumoto

4. Bem casados: praticamente todos os casamento tem os tradicionais bem casados, nós optamos por dar de lembrança em nosso casamento no civil e ficou ainda mais fofo com o quadrinho escrito “enfim bem casados”. Pra ver o post completo sobre nosso casamento no civil, clique aqui.

Fotos: Isa Dantas Photography

5. Copo: tem gente que torce o nariz pro copo, a verdade é que a maioria dos buffets acabam recolhendo as taças e copos de vidro durante a festa, além de ser perigoso, são os noivos que arcam com o prejuízo caso algum copo seja quebrado, então porque não ter um copo personalizado e lindo? O segredo é o layout do copo, fiz meus copos com a Neocup e com uma “estampa” que ficasse diferente, sem aquela cara de copo de casamento e eu AMEI o resultado!

Fotos: Isa Dantas Photography

6. Cappuccino: nós já postamos aqui a receita do cappuccino que fiz para a lembrança dos padrinhos, e teve um casamento que eu decorei que a noiva preparou a mesma misturinha em pequenos frascos, ficou lindo e super diferente!

Foto: Thiago Lima Fotografia

7. Potinho com mel: se você gosta de colocar a mão na massa, talvez essa seja uma das ideias mais fáceis. Basta comprar potinhos, colocar um tecido na tampa e encher com mel. Ficou super fofo e foram os próprios noivos que fizeram!

Foto: Magno Franco Fotografia

8. Pimenta: essa é para os noivos mais modernos, porque não pimenta de lembrancinha? Para deixar a embalagem mais personalizada colei um adesivo escrito “obrigado por apimentar nosso grande dia”, ficou super legal!

9. Suculentas: lembram do meu noivado que postamos aqui?! Nossas lembrancinhas foram suculentas e todo mundo AMOU e fala até hoje que tem em casa. Pra deixar mais fofo fizemos uma embalagem linda e cheia de amor para dar para os convidados.

Fotos: Ana Dantas fotografia

10. Leques e repelentes: além de ser uma lembrancinha a mais, é um item extremamente necessário para casamentos ao ar livre, aqui o que vale também é a personalização, afinal qualquer embalagem fica mais fofa quando personalizada não é mesmo?

Fotos: Isa Dantas Photography

Agora conta pra gente, qual sua lembrancinha favorita? Ideias não faltam pra você se inspirar e dar um mimo a mais para seus convidados!

Beijos


0



14/03/2018
Lua de Mel em Ushuaia – passeios

Semana passada mostramos aqui dicas de Ushuaia e começamos a contar um pouco como foi nossos dias por lá. Agora chegou a hora mais esperada, de contar e mostrar os passeios incríveis que fizemos por lá!

Como disse no post aqui, as opções de passeio são inúmeras, nós resolvemos fechar tudo com a Brasileiros em Ushuaia por conta da facilidade de ter brasileiros nos atendendo, além é claro deles serem os mais recomendados da cidade. Todos os passeios tinham um roteiro bem completo, já incluso o transfer, guias especializados e alguns passeios já tinham até o almoço incluso, ou seja não precisávamos nos preocupar com nada!

PASSEIO 01: Expedição Off Road 4×4

Começamos os passeios em Ushuaia com muita emoção! Eles nos pegaram no hotel bem cedinho e fomos rumo a aventura, ainda na estrada já ficávamos admirando a paisagem e mal sabíamos o que veríamos mais tarde, fizemos 2 paradas no caminho um onde foram gravadas cenas do filme O regresso e outra em um mirante que dava para admirar as montanhas. Depois foi hora da aventura em sim, nosso guia era “doido” e deixou o passeio super emocionante, foi super divertido hahaha Ele foi parando em pontos estratégicos para tirarmos foto e depois paramos no lago Escondido para apreciarmos a vista maravilhosa dos Andes. No final do passeio chegamos ao Lago Fagnano, lá fomos recepcionados com uma deliciosa “Picada Argentina” de entrada, cerveja, vinho e depois um almoço! Vale super a pena fazer para conhecer as paisagens da cidade.

PASSEIO 02: Mega Tour de verão

O passeio começa na estação de trem, lá você pode escolher se pega ou não o trem que entra no Parque Nacional Tierra Del Fuego, nós optamos por não fazer o passeio de trem e entramos com a van dentro do parque enquanto outra parte do grupo entrou com o trem. Nós, particularmente, achamos que não compensa pegar o trem {dizem que no inverno, com neve, vale a pena}, vimos paisagens lindas e tiramos fotos incríveis enquanto o pessoal passeava no trem, sério, nossas melhores fotos foram feitas durante essa espera hehehehe

Depois entramos no Parque Nacional, e por lá mais paisagens deslumbrantes, vimos o lago Roca, já na fronteira com o Chile, chegamos ao final da Ruta 3, o ponto mais ao sul do planeta e a Bahía Lapataia. Após o almoço, a hora mais esperada do passeio, o Glaciar Martial, uma paisagem incrível e um mini trekking que você pode optar por fazer ou não, mais ou menos 1 hora de caminhada {subida, muito frio e chuva/semi neve kkkk} e chegamos ao topo da montanha, onde vimos neve pela primeira vez! Foi emocionante e uma sensação maravilhosa!!!

PASSEIO 03: Trekking Laguna Esmeralda

Pra fechar Ushuaia com chave de ouro, o passeio mais esperado e que você com certeza DEVE fazer, Laguna Esmeralda. Já havíamos lido antes em alguns blogs que tem gente que opta em fazer essa trilha sem guia, durante o percurso nos perguntávamos como essas pessoas conseguem, o trekking passa no meio do bosque e é bem longo e cansativos, se não fosse o guia da Brasileiros em Ushuaia certamente não teríamos chego ao nosso destino. Durante o percurso ele também nos contou mais da cidade, das curiosidades do local e nos ajudou em tudo o que precisávamos, depois de muuuuita caminhada chegamos a tão esperada Laguna Esmeralda…Faltam palavras pra descrever esse lugar incrível! As fotos falam por sim, mas garanto que elas não mostram nem metade da beleza desse lugar.

O trekking é considerado de dificuldade média, e confesso que estava com medo de não aguentar {sou mega sedentária}, mas aguentei a caminhada e fiquei apaixonada pelo lugar, vale muito a pena! Chegando na Laguna fizemos nosso almoço com o kit que a Brasileiros em Ushuaia forneceu e ficamos admirando o lugar, foi incrível!!!

 

E aí, gostaram de conhecer um pouco mais de Ushuaia? Ficamos apaixonados por esse lugar e já morrendo de vontade de voltar, no último dia queríamos ficar por lá hahaha. Pra quem procura um lugar diferente pra conhecer e com paisagens incríveis, vale super a pena conhecer Ushuaia, a Brasileiros em Ushuaia também foi fundamental pra nossa viagem ser PERFEITA, super recomendamos o trabalho deles, foi fundamental para que tudo desse certo. Além dos passeios, eles também tem um blog e insta cheeeio de dicas pra quem for visitar esse lugar.

Agora conta pra gente o que você acharam dos passeios, se ficou alguma dúvida sobre a viagem é só falar pra gente!


0



19/02/2018
Procurando um apartamento pra chamar de seu?

Quem aí já procurou – ou ainda procura – um imóvel pra comprar, sabe que a saga é longa, e não é fácil achar um apê que seja como você procura, do tamanho ideal, e principalmente com um preço bacana. Nós duas já passamos por isso, e sabemos que a busca é realmente cansativa e demorada. Então, que tal um evento onde você tem mais de 200 apartamentos à venda, prontos pra morar, todos reunidos em um único lugar? Essa é a ideia do evento Oportunidade de Negócios, que acontece em Maringá, no Shopping Catuaí, até o dia 25 de fevereiro de 2018, sem dúvidas fica muito mais fácil procurar e achar o empreendimento perfeito para morar ou para investir!

Nós adoramos a ideia e já fomos lá conferir de perto todas as novidades, são 7 incorporadoras diferentes participando do evento, sendo super vantajoso poder comprar e negociar diretamente com eles, já que eles oferecem condições especiais de pagamento e um atendimento diferenciado. São apartamentos de diversos tamanhos e preços, atendendo assim a necessidade de qualquer público que está a procura do imóvel perfeito. Além do espaço que conta com mesas para atendimento, maquete, folder e imagens, caso você se interesse pelo imóvel, algumas construtoras estão com um plantão para conhecer o decorado, assim você já vai conferir de perto o empreendimento que mais te agrade.

O evento ainda conta com a participação do Bradesco, facilitando a compra e fazendo a assessoria para quem deseja ter acesso a um crédito imobiliário, ou seja é a oportunidade perfeita para encontrar o apartamento perfeito para chamar de seu! O evento funciona no mesmo horário de funcionamento do shopping: de segunda-feira a sábado das 10 às 22 horas e aos domingos das 14 às 20 horas, com entrada gratuita.

Gostaram da novidade? Quem já vai correndo conferir esse evento?!

Beijos, Cami e Lola


0





© Casa das Amigas 2018, Todos os direitos reservados.