CDA Projetos - arquitetura & interiores CDA Projetos - Tenha essa decor Decor casamento Cami e Jacob

Resultados da Busca: 45 resultados para “luminárias”


24/10/2018
Tipos de luminárias: arandela

Depois de falarmos aqui no blog sobre diversos tipos de luminárias, desde pendentes, até sposts, hoje o nosso foco é na luminária de parede, a arandela. Lembramos sempre que é super importante pensar no projeto de iluminação no início do seu projeto, para tudo ficar harmônico e corretamente iluminado.

Projeto: Thaisa Bohrer | Foto: M7foto

Nós adoramos como a arandela pode ser prática, funcional e esteticamente agregar à sua decoração, criando efeitos incríveis! Nesse projeto que fizemos, queríamos delimitar o espaço da sala de jantar, e criamos um painel com arandelas de efeito, mudando completamente a percepção desse espaço, e deixando-o ainda mais acolhedor.

A arandela pode ser usada em todos os ambientes, desde que selecionada e posicionada de forma correta. Em áreas externas, é comum a utilização do modelo tartaruga, que é resistente às intempéries e ilumina bem o jardim, fachadas, etc. Já na sala, por exemplo, ela pode ser utilizada como um efeito decorativo, ou direcionar para iluminar um quadro, e alguns modelos são verdadeiras obras de arte, e por si só já preenchem o espaço.

Mas os ambientes em que são mais utilizadas, são nos quartos, banheiros e lavabos, valorizando a decoração e, claro, servindo como um apoio na iluminação geral e focos dos ambientes. Nos quartos, é ótimo pra não ocupar espaço no criado, além de criar uma luz de apoio e de leitura também. Nos banheiros, são ótimos para ter uma iluminação próxima à altura do rosto, e completam a decoração, adoramos como eles trazem charme também, e estilo pro espaço.

Projeto: Thaisa Bohrer | Foto: M7foto

Gostaram das nossas dicas dos tipos de luminárias que costumamos usar nos nossos projetos? Contem pra gente, vocês sempre pensam na iluminação, e como ela pode valorizar a sua decoração? Esperamos ter ajudado com todas essas ideias e dicas de luminárias diferentes, que podem ajudar vocês no dia a dia, e claro, deixar os ambientes mais lindos! Beijos!


0


17/10/2018
Tipos de luminárias: spots e plafons

Uma iluminação adequada faz toda a diferença na sua decoração, e interfere totalmente na sua percepção sobre o espaço, por isso é importante que o seu projeto de iluminação contemple todas as suas necessidades, e esteja de acordo com o seu ambiente. Já falamos aqui de pendentes, lustres, luminárias de piso e de mesa, e hoje vamos dar continuidade à nossa série de tipos de luminárias falando sobre spots e plafons!

Muitos imóveis, como casas e apartamentos, possuem apenas um ponto central no ambiente, como na sala de estar, de jantar, quarto, banheiro… Então esse ponto é o responsável por iluminar adequadamente todo o seu ambiente, sendo uma luz geral, e para isso, uma das luminárias mais utilizadas é o Plafon.

Foto: Cliente CDA Projetos

Eles podem ser de sobrepor (usado geralmente quando não tem forro de gesso no ambiente, sendo instalado diretamente na laje) ou ainda embutidos, quando tem algum forro de gesso, por exemplo. Os modelos são muito variados, e os mais utilizados hoje são os plafons de LED (placa de LED), tanto para cozinhas, banheiros, escritórios, etc, variando a intensidade e tonalidade da luz. No escri da Cami, para a iluminação geral, ela optou por colocar os plafons de LED embutidos no forro de gesso; já no banheiro, como não tinha gesso, usou-se o plafon de sobrepor.

Já os spots,  são itens que criam uma iluminação direcionada, dando destaque a itens decorativos, como quadros, ou a uma parede com revestimento diferenciado. O primeiro spot que vamos destacar, é o de embutir, utilizado quando existe um forro no teto e também em móveis, e pode ser combinado com outras luminárias para criar um efeito no ambiente, deixando-o mais aconchegante. Para quem deseja ter um destaque também no teto, pode utilizar o spot de sobrepor, direcionando a luz para os objetos, ou até mesmo auxiliando na iluminação de uma mesa de trabalho.

Fotos: Casa das Amigas

Pra finalizar, o spot de trilho está sendo cada vez mais utilizado quando temos apenas um ponto central, e queremos ter mais do que um foco de luz. Assim você consegue colocar várias lâmpadas, iluminando melhor o seu ambiente, e também sendo possível destacar vários objetos de uma só vez. Além disso, o seu uso tem crescido também pelo seu aspecto mais industrial, estilo de decoração que está super em alta! Logo vamos trazer mais conteúdo de luminárias, continuem acompanhando!

Foto: Rodrigo Pequeno


0


26/09/2018
Tipos de luminárias: Pendentes e lustres

Hoje vamos começar uma nova série de dicas por aqui, os tipos de luminárias mais comuns que usamos em nossos projetos, e que são os mais utilizados na decoração dos ambientes de um modo geral. Já falamos muitas vezes sobre as lâmpadas mais usadas, normalmente de LED, e quais seus tipos, só clicar aqui pra ver tudo. Então pra darmos início a essa coleção, vamos começar falando de pendentes e lustres!

Nós sabemos que os dois ficam pendurados no teto, iluminam o ambiente e também tem efeito decorativo, mas vocês sabem qual a diferença entre eles?

– Pendentes

Esse tipo de luminária desce do teto a partir de fios elétricos, ou até mesmo cabos, longos, deixando assim a iluminação mais próxima da área que se deseja. São mais usadas em salas de jantar, bancadas, mesas laterais na sala de estar, como detalhes em banheiros e também pra iluminar o criado mudo no quarto. Os modelos são dos mais variados formatos, cores, e texturas, e o mais adequado deve ser pensado sempre no conjunto da sua decoração. No escritório da Cami, temos pendentes na mesa de reunião, que auxiliam na iluminação do espaço, mas também compõe a decor da sala toda, trazendo toques de cor e personalidade pro espaço. Além disso, no lavabo também tem um pendente dourado, que traz um charme pra bancada e pro espelho.

Fotos: Rodrigo Pequeno

Já na casa da Lola, ela optou por pendentes em 2 locais distintos. O primeiro, é na mesa de jantar, com uma cúpula redonda, trazendo o foco da iluminação para esse espaço, perfeito para as refeições. O segundo pendente, é bem simples, só com um soquete preto, pra destacar o quadro que fica no hall dos quartos.

Fotos: Casa das Amigas

– Lustres

A principal diferença pro pendente, é que o lustre tem ramificações (braços) na sua composição, para diversas lâmpadas, que podem servir para iluminação principal do espaço, ou apenas com um efeito decorativo. Aqui novamente apontamos para que ele tenha relação com o seu estilo e com a sua decoração, além, claro, de analisar o seu tamanho para que seja proporcional ao espaço. Ele é comumente usado em salas de jantar, hall, lojas ou até mesmo em recepções de consultórios, e é muitas vezes de vidro, cristal ou metal.

Foto: Casa das Amigas

Foto: loja Cinderelas

E aí, qual a sua preferência? Pra nós, o mais importante é que ele seja adequado ao seu estilo de vida, e que caiba no seu ambiente! Fiquem de olho, que logo postaremos sobre os demais tipos de luminária por aqui! Beijo.


0


18/06/2014
Luminárias para decorar

 Se tem uma coisa que ninguém pode negar, é que iluminação na decoração é praticamente tudo! Uma boa iluminação valoriza o ambiente e destaca a decoração. E por que não fazer da própria luminária um objeto decorativo? As luminárias de design dão um charme a mais no ambiente, seja um pendente, uma luminária de piso ou de mesa, elas compõe a decor da casa, e muitas vezes roubam a cena, tornando o foco principal do ambiente.

JUN-01

No quarto elas podem ajudar a deixar o ambiente mais aconchegante a meia luz, propício para relaxar e descansar, como também pode facilitar a leitura, por ser de fácil alcance. Na sala de estar ou jantar elas podem dar um efeito mais direcionado, focando em objetos decorativos, ou criando efeitos para um ambiente mais intimista, perfeito para jantares e reuniões com amigos.

JUN-02 JUN-03

JUN-04

A verdade é que as luminárias têm aparecido com tudo em feiras e mostras de decoração, nos mais variados tipos, formas e materiais, e estão mais do que nunca ao nosso alcance, prontinhas para fazer parte da decor nossa de cada dia! Vale a pena investir nessas peças super charmosas que encantam e iluminam!

Já ficou desejando alguma peça dessas? Então corre no site da Modernidade Móveis que lá esta cheio de modelos lindos para todos os gostos! E o melhor, ficamos sabendo que tem vários modelinhos a pronta entrega e o com o preço suuuper amigo! #ficadica

Modernidade Móveis
Fanpage | Loja virtual


0


03/10/2018
Tipos de luminária: de piso e de mesa.

Sempre falamos que a iluminação faz toda diferença no seu ambiente, podendo destacar algum objeto, quadro ou textura, assim como te auxiliar iluminando corretamente a mesa de trabalho, ou até a mesa de jantar… Esses dias já falamos pra vocês aqui no blog sobre dois tipos de luminárias,  pendentes e lustres, e hoje vamos trazer mais conteúdo sobre as luminárias de piso e de mesa.

Foto: Casa das Amigas

Pra trazer aconchego pro seu ambiente, não apenas o tipo de lâmpada é importante, mas a luminária também pode ajudar nesse quesito, como por exemplo, criando um cantinho de leitura com uma poltrona confortável e uma luminária de piso (ou de coluna), sendo não apenas um objeto decorativo, mas também funcional para o seu dia a dia, ou até mesmo pra criar uma iluminação indireta em um quarto de bebê. Usamos muito em nossos projetos, olha só que legal:

Claro que essa luminária vai muito além, e serve em diversos ambientes, como quartos, salas, varandas, hall… Tudo depende da sua necessidade, já que ela também pode completar a sua decoração, apenas observe se ela combina esteticamente e principalmente, se ela cabe no seu espaço, pra não atrapalhar na circulação das pessoas no seu ambiente.

Outra luminária, a de mesa, também tem essas funções já citadas anteriormente, criando espaços agradáveis, mas ela precisa de um local de apoio para ficar na altura adequada… Seja um criado mudo, uma mesinha lateral, ou até um banco, então o tamanho do seu espaço disponível para colocá-lo também vai influenciar no modelo escolhido – seja ele maior ou mais compacto. Aqui no escritório da Cami, a luminária ajuda a iluminar e decorar o estar, ficou incrível, e pra não ocupar muito espaço na mesa lateral, optou por um modelo de base compacta!

Foto: Rodrigo Pequeno

Muito utilizada em quartos, para deixar a luz reduzida na hora de dormir, servindo de apoio e evitando ofuscamento, como nos nossos quartos (sim, temos luminárias de mesa iguais! hahaha), e também em escritórios, para trazer uma luz mais adequada para o seu trabalho ou estudo… Mas convenhamos que na sala de estar também traz charme e pode servir de luz auxiliar na hora de assistir um filme e criar um clima mais aconchegante, concordam? Ah, ainda vale lembrar que o famoso abajur é um tipo de luminária, mas ele é bem definido com uma haste de sustentação e uma cúpula (de tecido, de vidro, metal…), e as luminárias de mesa em geral, tem modelos variados, ok?

E ai, gostaram das dicas de hoje? Logo teremos outros tipos de luminária por aqui, fiquem de olho! Beijos!


0


19/07/2018
3 dicas pra você trabalhar em home office

Já compartilhamos por aqui várias ideias de decoração pro seu home office, seja ele integrado com a sua sala, ou se tem um cômodo inteirinho pra chamar de seu. Esses dias perguntamos no instagram quem trabalhava em casa, e se tinham dúvidas sobre o que funciona, então hoje o post não é sobre decoração do espaço, mas vou contar um pouco sobre a minha experiência com home office!

1. Tenha um local adequado

Essa dica é fundamental se você quer ter sucesso e se adaptar nessa rotina. Ter um espaço dedicado para ser seu local de trabalho é essencial, mesmo que for apenas uma mesa e uma cadeira, confortáveis e ergonômicos. Então crie um espaço que atenda as suas necessidades, como por exemplo, se você tem e usa muitos papéis, tem que ter um gaveteiro ou um local para guardar esses itens. Eu optei por ter a mesa, sem gavetas, então uso organizadores para colocar as canetas, agenda, pendrive e outros materiais pequenos do dia a dia. Além disso, uso muito o computador, então ele tem que estar em uma altura adequada para a visão, além de ter uma cadeira confortável com regulagem de altura.

Manter esse espaço organizado também é importante pra você não perder tempo pra achar onde anotou aquele contato importante, ou alguma alteração que o seu cliente pediu.

2. Iluminação e instalações elétricas

Todos os itens que vou citar estão interligados, mas não podemos esquecer que uma boa iluminação é primordial para trabalhar, e pode inclusive influenciar na sua produtividade. Se possível, tenha o maior aproveitamento de luz natural perto da sua mesa, sem criar ofuscamento e sem criar sombras (por ex: se você é destro, evite ter o foco de luz do lado direito), além de que janelas e portas abertas ajudam na ventilação do espaço.

Não podemos esquecer da iluminação artificial,  que deve ser instalada de forma a criar uma uniformidade em todo o ambiente, de forma difusa, sem gerar brilho excessivo, e isso pode ser feito usando lâmpadas de LED na tonalidade branca.  Se não tiver pontos suficientes para todo o ambiente, a iluminação pode ser complementada com luminárias de mesa direcionáveis.

Outro ponto que devemos destacar, é observar se você tem no espaço destinado ao home office, tomadas, pontos de internet, ou se o wifi pega bem no local, assim você não precisa ficar puxando fios e deixando o ambiente esteticamente poluído.

3. Defina uma rotina

Aqui é preciso que você saiba o que funciona pra você, qual horário você é mais produtivo, pra poder se organizar e definir sua rotina. Por exemplo: eu não sou uma pessoa que trabalha bem nas manhãs, então eu tiro esse tempo pra organizar as coisas da casa, colocar tudo em ordem, planejar o meu dia, e responder alguns e-mails. Então, como sou mais produtiva a tarde e a noite, me planejo pra fazer projetos, escrever pro blog, e demais atividades que demandem mais atenção nesses períodos. Tendo isso definido, fica mais fácil você planejar suas atividades de acordo com o que você precisa fazer naquele dia, não perder prazos e cumprir suas metas.

E como faz pra fugir das distrações que temos em casa? A palavra chave para isso é: foco. Mantenha-se dentro das suas tarefas planejadas, tire o pijama, coloque uma roupa de trabalho, não sente no sofá depois do almoço e organize sua agenda… hahahaha Parece bobo, mas pra mim isso funciona muito bem. E pode também colocar na sua programação aquela pausa pro café, pra regar as plantas, e apreciar o pôr do sol, se isso te faz bem, por que não?

E aí, quem trabalha em casa, como é a sua rotina? E quem não trabalha ainda, mas quer adotar essa prática, o que achou das dicas? Contem pra gente, vamos adorar conhecer um pouco mais do dia a dia de vocês!

Beijos, Lola!




05/07/2018
Varanda pra receber os amigos | CDA Projetos

Quando os clientes nos procuraram pra fazer um projeto, nos contaram que usam muito a varanda, mas que ela não estava do jeitinho que eles queriam, e como já tinham alguns móveis, optaram por manter alguns itens, como o móvel inferior da bancada, e algumas banquetas que são muito funcionais e práticas na hora de receber.

Como eles queriam uma TV acima da bancada, mas também espaço para armazenar copos, taças e louças que usam nesse espaço, optamos por fazer um móvel na lateral, com uma prateleira em cima, que serve de apoio também para os aparelhos da TV. Pra manter a mesma identidade, apostamos em uma mesa grande, com a mesma madeira do móvel existente, com um banco em ‘L’ na parede, podendo acomodar dessa forma mais convidados, além de possuir gavetas para armazenar os brinquedos da filha, e do outro lado, cadeiras e as banquetas que eles já tem.

Pra trazer um ar mais jovial pro ambiente, optamos por colocar quadros modernos e uma floreira, que serve também para colocar temperos e servir de horta pra família. Pra finalizar, almofadas de apoio e também luminárias trazem o aconchego, além de ter um ótimo aproveitamento mesmo quando as janelas estiverem abertas e recolhidas.

O que acharam desse projeto? Os clientes amaram, não só pela sua beleza, mas também pela facilidade no uso e também praticidade pro dia a dia!

Se você também quer reformar, ou dar um jeitinho em algum ambiente por aí, é só mandar um email para [email protected], atendemos tanto online como presencial, pra deixar sua casa ou sua loja do jeitinho que você sempre sonhou. Confira também nosso portfólio no site!


0


24/05/2018
Quartos neutros com aproveitamento de espaço | CDA Projetos

Esses dias atrás, mostramos uma sala em tons de cinza por aqui, vocês lembram? Então, hoje vamos mostrar os quartos neutros do apê, em que os clientes queriam o máximo de aproveitamento possível, para guardar objetos, livros, etc!

Na suíte, eles já tinham um closet pronto, e também um painel com TV, então seguimos o mesmo padrão da madeira, e incluímos alguns detalhes, como uma cabeceira em madeira, um painel ripado na lateral, e um móvel baixo para guardar livros, capacete, calçados, que também serve de apoio e criado mudo de um dos lados. Como o quarto é estreito, optamos por incluir uma parede de espelhos, trazendo mais luminosidade e dar a percepção de um espaço mais amplo. Quadros, criado mudo e luminárias trazem um ar jovial pro ambiente, e o papel de parede 3D dá a sensação de profundidade.

Para o quarto de hóspedes, além de pedirem espaço para 2 pessoas dormirem, com cama e bicama, também precisavam de um espaço para estudos e trabalho, então uma bancada era primordial nesse espaço. Optamos por colocar embaixo da janela, com a cama na lateral, armários acima da cama, e do outro lado, nichos com toques de cor e um armário para guardar mais livros e objetos da casa, como aspirador, árvore de natal, etc. Achamos que o espaço ficou bem otimizado e atendeu às necessidades do casal!

Gostaram dos projetos pros dois quartos? E se você quer reformar, só mandar um email para [email protected], atendemos tanto online como presencial, pra deixar sua casa do jeitinho que você sempre sonhou. Confira também nosso portfólio no site!


0


21/05/2018
5 dicas pro seu hall de entrada ficar incrível!

Muitas vezes não damos muita importância para o nosso hall de entrada, mas ele é a primeira vista que você ou seus convidados tem da sua casa, então é fundamental ter a nossa cara! Claro que nem todo mundo tem um suuuuper hall, já que hoje muitos apartamentos são bem pequenininhos, mas sempre podemos investir em uma entrada charmosa, aconchegante e com a sua personalidade. Hoje vamos dar 5 dicas de como deixar esse espaço incrível.

1. Espelho e quadros

Essa dica é infalível! Independente do tamanho do seu hall, se ele é grande, e tem espaço até para mobiliário, ou não, se é só uma parede na lateral da entrada do seu apartamento, você pode usar e abusar do espelho, pois além de dar a sensação de amplitude, e trazer mais luminosidade pro seu espaço, ele também faz seu convidado se sentir bem vindo, além de você poder dar aquela olhadinha no espelho antes de sair de casa, e retocar o batom! kkkkk Composições com quadros e outros objetos também ficam super legais, como no apê da Lola, ela optou por um espelho geométrico, com um quadro, ficou lindo!

Foto: Mariana Orsi

Foto: CDA Apartamento

2. Papel de parede ou Revestimento 

Uma forma rápida e prática de mudar o visual do hall, é instalar um papel de parede ou papel adesivo, ou ainda um revestimento, fica lindo! O papel de parede é mais fácil de trocar caso você enjoe, e o custo não é muito elevado, sem falar nas inúmeras opções existentes hoje no mercado!

Foto via Casa de Valentina

3. Luminárias

Se você tem um hall bem grande, com um pé direito legal, dá pra apostar em uma mesa com flores, e uma luminária pendente, fica lindo e já traz um aconchego pra sua entrada de casa. Mas se você não tem tanto espaço, e só tem aquela paredinha do espelho, que tal apostar em 2 arandelas, ou um pendente pequeno pra iluminar o espelho? Fica super charmoso!

Foto Gisele Rampazzo via Histórias de Casa

4. Aparador e outros móveis

Móveis servem de apoio para um hall charmoso, pra apoiar itens decorativos e afetivos, como flores, porta retratos, livros, além de compor a decoração do espaço. Outros móveis utilizados são seat gardens, bancos, e até pequenas sapateiras pra quem não gosta de levar os sapatos da rua pra dentro de casa.

Foto Mariana Orsi via Casa Vogue

Foto Mariana Orsi via Casa e Jardim

5. Detalhes

Alguns detalhes que não podemos esquecer, e que muitas vezes são necessários no nosso dia a dia, como por exemplo, um porta chaves, cabideiro ou ganchos na parede pra pendurar a bolsa, ou um casaco, pois além de deixar o espaço organizado, ainda completam a decoração do seu hall!

Foto Mariana Orsi via Archdaily

E aí, o que acharam das dicas de hoje? Por aqui não temos muito espaço, então buscamos aproveitar da melhor forma, e deixar com a nossa cara!


0


05/04/2018
Banheiros com personalidade | CDA Projetos

Sempre compartilhamos nossos projetos por aqui, e hoje vamos mostrar a reforma de três banheiros que fizemos, na mesma residência. Cada banheiro tem a sua personalidade e o seu uso bem definidos: o do casal, com um espaço para relaxar com banheira, em tons claros; o banheiro social com jeitinho de lavabo; e o banheiro do bebê, mais delicado.

No banheiro do casal, os clientes queriam um espaço elegante, mas com aconchego, mas relaxar no dia a dia, usando a banheira. Assim, optamos por revestimentos claros, como o porcelanato com textura de mármore, e na banheira, o revestimento que lembra madeira, trazendo esse aspecto de acolhimento e descanso. Pra trazer mais sofisticação, apostamos nos móveis da bancada espelhados, além de deixar o ambiente com mais luminosidade. Por fim, além das luminárias de embutir, também incluímos um rebaixo no gesso, com iluminação embutida, e 2 pendentes na área da bancada. Um charme!

Para o banheiro social, eles queriam um espaço que ficasse com cara de lavabo, já que seria mais utilizado pelas visitas, e não muito no dia a dia. Na parede da bancada, escolhemos um revestimento com textura 3D, com uma cara de papel de parede, além de um espelho veneziano, dando um toque romântico pro espaço. Os tons claros predominam por aqui, mas também utilizamos uma pintura em tom de fendi na parede oposta, pra deixar mais aconchegante.

Por fim, no banheiro do bebê, pediram um espaço neutro, que acompanhasse o crescimento da criança, sem ficar muito marcado. Para isso, na parede da bancada e no nicho dentro do box, escolhemos um revestimento xadrez em tons claros de cinza, e o móvel num tom de madeira. Pra trazer esse aspecto lúdico, investimos nos quadrinhos, que podem ser trocados facilmente conforme o crescimento da criança, e também no espelho em forma de casinha, outro item que pode ser substituído posteriormente.

O que acharam dos banheiros? Cada um tem sua personalidade, e sua característica definida pelo principal usuários do espaço. Nós adoramos fazer esses projetos!


0




© Casa das Amigas 2018, Todos os direitos reservados.