CDA Projetos - arquitetura & interiores 2 estilos de decor em um mesmo espaço

Arquivo da tag '#tips'



11/08/2021
7 cadeiras ergonômicas pro seu escritório

Nós já demos diversas dicas de home office por aqui. Teve o post com dicas para você trabalhar em home office, e também como decorar o escritório gastando pouco, além de como organizar sua mesa do escritório. Então, hoje o post é pra completar as dicas. Separamos 7 cadeiras ergonômicas pro seu escritório. Assim, você certamente vai trabalhar de forma mais confortável, e ser mais produtivo. Separamos modelos diversos, que cabem nos mais variados estilos e bolsos.

1. Aeron – Herman Miller

Essa é, sem dúvidas, o sonho de consumo de diversas pessoas. Ela certamente é muito ergonômica, possui diversas regulagens, além de ter um excelente desempenho, e um design incrível. Para mais informações e valores, só clicar aqui.

Foto: via Herman Miller

2. Celle – Herman Miller

Esse modelo é muito versátil, e conta com um apoio dinâmico. Suas células fornecem uma boa resistência, além de distribuir de forma uniforme o peso no assento. A Lola usa esse modelo no home office. Ela é mais robusta, e ocupa um pouco mais de espaço. Informações e valores, no site da marca.

3. Sayl – Herman Miller

A Sayl é outra cadeira que adoramos, super versátil, além de ser confortável e muito bonita. Todos os produtos da Herman Miller são desenhadas por designers incríveis, e unem ergonomia, com conforto e estética. Então, veja mais detalhes dessa cadeira, clicando aqui.

Foto: via Herman Miller

4. Cadeira Eames Diretor com madeira

Essa foi a escolhida pela Cami, pra ser a cadeira dela no escritório. Pra quem procura conforto, e também beleza, ela é uma excelente opção. Não tem aquela cara de ‘cadeira de escritório’, e fica linda pra quem vai usar em ambientes integrados, como escritório na sala. Tem mais informações aqui.

Veja mais dicas para seu escritório, clicando aqui.

5. Cadeira Uni – Flexform

A Lola escolheu esse modelo pra usar no mini office. É confortável, ergonômico, com regulagem para altura dos braços e lombar. Possui diversas cores, e tem um bom custo x benefício. Clique aqui para mais informações.

6. Cadeira You – Marelli

Achamos esse modelo muito lindo, a cor rosé certamente é um diferencial. Possui diversas regulagens, e seu design é minimalista, leve e harmônico. Veja mais informações aqui.

Foto: Meg&Meg

7. Cadeira Quebec

Pra quem busca uma cadeira com bom custo, e não precisa de muitas regulagens, essa é uma opção. O design é bem clean, e ela ali conforto com estética. Tem mais informações aqui.

Gostaram da nossa seleção de 7 cadeiras ergonômicas pro seu escritório? Elas certamente são indispensáveis para quem trabalha muitas horas sentado. O conforto é primordial para trabalhar bem, e ter uma boa produtividade.

* Esse post não é patrocinado, e não temos nenhum vínculo com as marcas citadas. Não temos responsabilidade sobre qualidade dos produtos, e nem pelo pós venda de nenhuma empresa.


0



18/02/2019
Como decorar a cozinha gastando pouco

São tantas dicas que nós passamos pra vocês por aqui. Mas tenho certeza que essa vocês vão amar! São dicas simples, práticas, de como decorar a cozinha gastando pouco. E pra provar isso, vou usar a minha cozinha como exemplo! Afinal, ela é bem básica, então como dar um up com os itens que muitas vezes temos em casa?

Primeiramente, é interessante observar que ela deve estar organizada. Esse é o fator fundamental para que os itens que mostre pra vocês, seja eficaz!

Vamos conferir como decorar a cozinha gastando pouco?

1. Utensílios à vista

Esse sem dúvida é o primeiro item da lista. São esses utensílios que muitas vezes ficam escondidos na gaveta, e que todo mundo tem em casa! Pode ser colher de pau, ou até apostar em um barra fixada na parede. Aqui optei pelas colheres que uso no dia a dia, seja pra cozinhar, ou fazer bolo, em um pote super simples de palmito. Tem dica mais simples que essa?

2. Tábuas diferentes

Acho que todo mundo tem umas tábuas guardadas por aí, não é mesmo? Então que tal pegar as mais bonitas, de diferentes formatos, e montar uma composição? Aliás, essas eu uso no cotidiano, e assim até já secam melhor depois de lavadas.

3. Pano de prato e pano de pia fofos.

Esse é um item que todo mundo tem em casa. Aqui sempre uso os panos da Pano de prato etc, pois além de serem ótimos, ainda são lindos e modernos. Vai dizer que não fica um charme? Nós inclusive já assinamos duas coleções pra marca, só clicar aqui pra ver!

4. Plantinhas

Esses dias mostrei que minha cozinha estava sem graça. E principalmente porque tem o ponto de água do filtro, que não vamos usar. Então encontrei uma solução simples, mas que mudou a decoração. Optei por um vasinho pequeno (esses que tem ímã de geladeira), coloquei umas plantinhas e colei na parede! Fez toda a diferença… Então escolham uma planta fácil de cuidar, e que se adapte no seu espaço, tipo de iluminação, etc.

Mas o que mais posso colocar pra decorar?

Aqui em casa eu não tenho nichos ou prateleiras, tudo fica guardadinho dentro do armário. Mas se você tem um lugar que dê pra expor algumas latas e potes bonitos, desses pra guardar café, açúcar, ou até xícaras diferentes, coloque por aí também!

Aliás, vale colocar uma bandeja e montar o cantinho do café na bancada. E se você gosta, tapetinhos ficam lindos e ajudam a completar a decor. Com certeza sua cozinha vai ficar ainda mais charmosa, decorada e com a sua cara! Gostaram das dicas? Deixem um comentário, vamos adorar saber mais!


0



29/01/2019
Passeio San Miguel: um lugar delicioso em Balneário Camboriú

Agora nas férias de janeiro ficamos uns dias em Balneário Camboriú, os dias de sol colaboraram com a nossa visita por lá e deu pra visitar alguns lugares que não conhecíamos, e claro que tínhamos que compartilhar dica boa aqui com vocês, não é mesmo?  Nós fomos jantar em um Boulevard cheioooo de restaurantes deliciosos e algumas lojas também, o Passeio San Miguel, então separei algumas fotos do site deles pra mostrar pra vocês! #CDAViaja

Além da variedade de restaurantes (desde padaria artesanal, até italiano, mexicano, japonês, comida de boteco…), o que achei super legal é que cada restaurante tem seu espaço de atendimento, com mesas exclusivas, mas no centro do passeio, as mesas são ‘coletivas’, ou seja, cada pessoa que está com você pode escolher onde quer comer e todos sentam ali! Demais, né? Assim as pessoas não precisam todas comer no mesmo restaurante!

Fotos: Passeio San Miguel

Nós escolhemos jantar no Kombina Felice, um restaurante que serve entradas, saladas e massas deliciosas, além de ser super charmoso e moderninho! Amei a parte do bar, com balcão de madeira de demolição, luminárias coloridas com lâmpadas de filamento, tijolinho e uma parede lousa atrás das mesas! Dá uma espiada que lindo é o local:

Fotos: Kombina Felice

Claro que não podia deixar de falar sobre a minha escolha no local, eu optei pela sugestão do dia da chef, que era um Spaghetti ao pesto, com camarões, tomate cereja e amêndoas, e estava muuuuuuito delicioso! Super recomendo experimentarem esse restaurante, eu amei demais! #cdaengorda hahaha

E aí, gostaram da nossa dica/sugestão? Quem já conhece, e experimentou os outros restaurantes do Passeio San Miguel, recomenda também? Tem outros lugares pra indicar? Na próxima semana vamos mostrar outro restaurante que conhecemos na nossa visita a BC, então fiquem de olho por aqui! Beijinhos!


0



31/07/2018
4 dicas de como usar o azul marinho na decoração!

Quando pensamos na decoração em azul marinho, em primeiro lugar pensamos no estilo náutico, não é mesmo? Mas convenhamos que ele vai muito além disso, é chique e atemporal. Já mostramos aqui como usar o rosa na decor, e hoje vamos dar dicas dessa cor maravilhosa que é o marinho! Pra quem acha que ele é uma cor masculina, dessa vez vamos discordar, combinado com as cores certas, ele se torna neutro ou uma cor de destaque pro seu ambiente. Vamos às dicas?

1. Na parede: seja com uma pintura, um papel de parede nesse tom, ou até um revestimento, aqui ele com certeza será o protagonista na sua decoração, e é importante que os elementos e objetos decorativos fiquem harmônicos com o tom. Se você é uma pessoa que gosta de mudar sempre, então aposte na pintura, que é fácil de trocar! Que tal essas inspirações que separamos?

Pintura  | Foto: Apartamento 33

Revestimento | Projeto: Renata Cafaro | Foto: Mariana Orsi

2. Nos móveis: pra quem gosta de ousar, um sofá, uma mesa lateral ou até os móveis da sua cozinha em marinho ficariam maravilhosas na sua decoração. Pra não carregar demais o ambiente, mescle com tons mais claros, como por exemplo, uma bancada clara na cozinha, ou um tapete neutro compondo com o sofá.

Projeto: Andrea Vasconcelos | Foto: Mariana Orsi

Projeto: Prole Arquitetura | Foto: Mariana Orsi

Projeto: Bianchi e Lima | Foto: Mariana Orsi

3. Nos detalhes: essa dica é pra quem não quer arriscar muito, mas deseja ter um toque de cor na sua decor. Aposte em almofadas, quadros, mantas, roupa de cama e quem sabe, até um tapete com esse tom. Nós adoramos como essa cor traz, quando usado de forma condizente com os demais itens do ambiente.

Projeto: Duda Senna | Foto: Mariana Orsi

Projeto: LD Arq | Foto: Mariana Orsi

4. Como combinar? O marinho combina muito bem com tons neutros, como bege, cinza, branco, e também preto, madeira, assim como texturas de cimento queimado, tijolinho e até com o revestimento metrô white!

Projeto: AP41 | Foto: Gisele Rampazzo

Vocês já tem o marinho incorporado na decoração do seu espaço? Conta pra gente o que você mais gosta nessa cor! Beijo


0



19/07/2018
3 dicas pra você trabalhar em home office

Já compartilhamos por aqui várias ideias de decoração pro seu home office… Não importa se ele é integrado com a sua sala, ou se tem um cômodo inteirinho pra chamar de seu. Esses dias perguntamos no instagram quem trabalhava em casa, e se tinham dúvidas sobre o que funciona, então hoje o post não é sobre decoração do espaço, mas vou contar um pouco sobre a minha experiência com home office!

1. Tenha um local adequado

Essa dica é fundamental se você quer ter sucesso e se adaptar nessa rotina. Ter um espaço dedicado para ser seu local de trabalho é essencial, mesmo que for apenas uma mesa e uma cadeira, confortáveis e ergonômicos.

Então crie um espaço que atenda as suas necessidades! Por exemplo, se você tem e usa muitos papéis, tem que ter um gaveteiro ou um local para guardar esses itens. Eu optei por ter a mesa, sem gavetas. Então uso organizadores para colocar as canetas, agenda, pendrive e outros materiais pequenos do dia a dia. Além disso, uso muito o computador, então ele tem que estar em uma altura adequada para a visão, além de ter uma cadeira confortável com regulagem de altura.

Manter esse espaço organizado também é importante! Assim você não perde tempo pra achar onde anotou aquele contato importante, ou alguma alteração que o seu cliente pediu.

2. Iluminação e instalações elétricas

Todos os itens que vou citar estão interligados… Mas não podemos esquecer que uma boa iluminação é primordial para trabalhar. Ela pode inclusive influenciar na sua produtividade. Se possível, tenha o maior aproveitamento de luz natural perto da sua mesa, sem criar ofuscamento e sem criar sombras (por ex: se você é destro, evite ter o foco de luz do lado direito), além de que janelas e portas abertas ajudam na ventilação do espaço.

Não podemos esquecer da iluminação artificial! Ela deve ser instalada de forma a criar uma uniformidade em todo o ambiente, de forma difusa, sem gerar brilho excessivo, e isso pode ser feito usando lâmpadas de LED na tonalidade branca.  Se não tiver pontos suficientes para todo o ambiente, a iluminação pode ser complementada com luminárias de mesa direcionáveis.

Outro ponto que devemos destacar, é observar se você tem no espaço destinado ao home office, tomadas, pontos de internet, ou se o wifi pega bem no local, assim você não precisa ficar puxando fios e deixando o ambiente esteticamente poluído.

3. Defina uma rotina no seu home office

Aqui é preciso que você saiba o que funciona pra você! Enfim, qual horário você é mais produtivo, pra poder se organizar e definir sua rotina. Por exemplo: eu não sou uma pessoa que trabalha bem nas manhãs, então eu tiro esse tempo pra organizar as coisas da casa, colocar tudo em ordem, planejar o meu dia, e responder alguns e-mails.

Então, como sou mais produtiva a tarde e a noite, me planejo pra fazer projetos, escrever pro blog, e demais atividades que demandem mais atenção nesses períodos. Tendo isso definido, fica mais fácil você planejar suas atividades de acordo com o que você precisa fazer naquele dia, não perder prazos e cumprir suas metas.

E como faz pra fugir das distrações que temos em casa? A palavra chave para isso é: foco. Mantenha-se dentro das suas tarefas planejadas, tire o pijama, coloque uma roupa de trabalho, não sente no sofá depois do almoço e organize sua agenda… hahahaha

Parece bobo, mas pra mim isso funciona muito bem. E certamente pode também colocar na sua programação aquela pausa pro café, pra regar as plantas, e apreciar o pôr do sol, se isso te faz bem, por que não?

E aí, quem trabalha em casa, como é a sua rotina? E quem não trabalha ainda, mas quer adotar essa prática, o que achou das dicas? Contem pra gente, vamos adorar conhecer um pouco mais do dia a dia de vocês!

Beijos, Lola!





15/05/2018
9 Dicas de como escolher um imóvel para comprar

Pensando em adquirir um imóvel próprio? Confira as dicas que separamos para você

É comum ter algumas dúvidas na hora de realizar o sonho da casa própria. Além de ser um investimento bastante alto, há algumas variáveis que devem ser levadas em conta antes de assinar o contrato. Pensando nisso, separamos algumas dicas de como escolher um imóvel para comprar:

1. Faça visitas em horários diferentes

É interessante que você visite aqueles imóveis que mais gostou em horários diferentes, especialmente durante a noite e fins de semanas. Com essa avaliação, você consegue determinar a posição do sol na propriedade, assim como analisar como é o barulho da região nas horas mais calmas e nas mais agitadas.

 

Foto via: Duda Senna

2. Tire fotos ou filme o imóvel

São várias visitas em casas e apartamentos até encontrar aquelas que mais combinam com o seu perfil, não é mesmo? Depois de um tempo, as recordações sobre cada um desses imóveis podem ficar um pouco embaralhadas. Por isso, tire fotos ou filme todos os ambientes da propriedade e depois separe essas imagens por pastas no seu dispositivo. Assim, fica mais fácil comparar e estudar com mais calma tudo aquilo que visitou.

3. Decida por novo ou usado

Escolher entre um imóvel novo ou usado pode economizar bastante tempo, afinal o seu perfil de compra fica mais restrito. Mas antes de fazer essa decisão é fundamental que você conheça os prós e contras dessas duas opções.

Normalmente, as propriedades novas costumam ser mais seguras, geram menos gastos com manutenção e no caso dos apartamentos, tem um condomínio mais completo e com uma boa área de lazer. Por outro lado, essa versão tende a ser mais compacta e mais cara, além dos gastos extras com o acabamento ou outras reformas que podem ter.

Já os imóveis usados, em geral, contam com áreas maiores e preços mais baixos. Contudo, a chance de custos com manutenção é alta, além dos condomínios serem bem mais simples (menos coisas inclusas) e caro.

4. Estude as características da região

A localização do imóvel é um dos pontos mais importantes na escolha pelo lar dos sonhos. Por isso, estude como é a vizinhança do local, sua infraestrutura, quais serviços são disponíveis aos arredores e se a locomoção é fácil, seja com veículo próprio ou transporte público.

Também é interessante pesquisar o histórico de criminalidade do bairro. Você pode fazer isso procurando por notícias em jornais online ou conversando com moradores e comerciantes da região.

5. Pense no futuro

Comprar um imóvel envolve um alto investimento e uma série de custos extras. Ou seja, a maioria dos brasileiros adquire uma propriedade com a expectativa de morar ali para sempre. Sendo assim, é muito importante que ao pesquisar pelo seu novo lar, você pense em como deseja que seja o seu futuro.

Por exemplo, atualmente você tem um casal de filhos pequenos que dividem o quarto tranquilamente. Mas, será que essa divisão vai funcionar quando eles forem adolescentes? Talvez, o ideal fosse pensar em um imóvel com 3 quartos.

 

Foto via: Assim eu gosto

6. Se for comprar na planta, pesquise sobre a construtora

Ao escolher um apartamento na planta, existem alguns cuidados que precisam ser levados em conta. O principal deles é em relação à reputação da construtora. Você pode pesquisar sobre a empresa na internet, verificar o site do Tribunal de Justiça para ver se existem processos contra ela e visitar algum empreendimento que já tenha sido entregue para checar a experiência dos moradores.

7. Avalie o tamanho e os defeitos

Uma forma de entender se o imóvel atende as suas expectativas é tentar imaginar como você colocaria seus móveis e quais reformas gostaria de fazer.

Se você gostou do resultado da sua imaginação, não deixe de estudar todos os detalhes da propriedade. Procure por possíveis defeitos, como rachaduras, mofo, falhas na hidráulica ou elétrica, vazamentos, umidade e estado das portas e janelas. Os condomínios também devem ser analisados, então observe o estado de conservação das áreas comuns e converse com o zelador ou porteiro para saber qual é a periodicidade de manutenção.

Foto via: Casa Vogue

8. Se for morar em condomínio

Antes de assinar o contrato, converse com o síndico do condomínio e conheça todas as regras para morar no apartamento. Esse bate-papo prévio permite que você saiba se vai se adequar ou não ao local. Por exemplo, alguns condomínios não permitem animais de estimação e você não consegue se imaginar sem o seu bichinho.

9. Escolha a forma de pagamento

Tão importante quanto à escolha do imóvel é a decisão pela forma de pagamento. Quando falamos de investimento imobiliário, as duas principais opções são o financiamento bancário ou o consórcio. Conheça as diferenças entre as modalidades, assim como as suas vantagens:

COMO FUNCIONA

Consórcio de Imóveis: o consórcio funciona como uma poupança, ou seja, a compra é programada. Essa opção funciona melhor para aqueles que não têm urgência em comprar o imóvel.
O investimento é administrado por uma empresa, que reúne um grupo de pessoas com o mesmo objetivo para criar um fundo de poupança. Quando o consorciado é contemplado, ele já pode realizar a compra.

Financiamento Bancário: o financiamento funciona como uma compra parcelada, em que o valor é dividido – e acrescido de juros – em um prazo estabelecido por contrato.

TAXAS COBRADAS

Consórcio: não cobra juros, somente uma taxa de administração. Por isso, normalmente as parcelas nesse investimento são mais acessíveis do que as do financiamento bancário e o Custo Efetivo Total (CET) muito menor.

Financiamento: além dos juros, as instituições trabalham com algumas outras taxas administrativas.

PRINCIPAIS VANTAGENS

Consórcio: não há cobrança de valor de entrada e nem incidência de taxa de juros; sem burocracia; grande variedade de opções de prazos e créditos; custo efetivo total menor. 

Financiamento: depois da avaliação do crédito, se aprovado, a liberação do valor para a aquisição do bem é imediata.

Escolher um imóvel para comprar pode ser uma tarefa bastante divertida, e com as orientações de hoje, ela se torna simples também. Enquanto pensa na decoração do seu novo lar, continue acompanhando a Casa das Amigas para mais dicas de DIY, design, decor e muito mais. E para saber mais sobre investimentos, planejamento financeiro e mercado imobiliário, venha conferir o site da A7 Consórcios.


0



03/10/2017
Como decorar varandas pequenas facilmente

Aprenda hoje, como decorar varandas pequenas com estes conselhos simples, porém que darão toda a diferença no seu pequeno espaço!

Nem todo mundo tem o privilégio de morar em uma casa com quintal ou um grande espaço exterior. Muitas vezes devemos morar durante um tempo no centro da cidade por estudos, trabalho ou qualquer outro motivo e acabamos não tendo outra alternativa que não seja um pequeno apartamento. Quase todos os apartamentos contam com uma pequena varanda que quase nunca é bem aproveitada.

Hoje daremos dicas que você pode aplicar hoje mesmo para mudar a sua varanda e convertê-la em um pequeno e especial espaço onde passar mais tempo e o mais importante, da forma mais fácil.

Fonte da foto 1 :

*Antes de decorar sua varanda com estes conselhos, pense bem a utilidade que ela tem atualmente, se você estende roupa, tem animais de estimação, ou se o sol dá diretamente o dia todo em casa, serão pontos nos que deverá pensar antes de escolher o estilo de decoração e materiais a serem utilizados.

Móveis:

Os móveis para varandas pequenas, deverão ser funcionais e flexíveis, ou seja, que tenham uma função. Como por exemplo, móveis de parede que você pode utilizar quando for conveniente e esconder quando não estiver utilizando para ter espaço.

Lushhome

Flores para a varanda pequena:

Uma das formas mais fáceis de dar vida à sua varanda é com flores, porém nem todos sabem como organizar as flores e que caibam no balcão. O que podemos utilizar para colocar as flores, são essas pequenas cestinhas de alumínio ou plástico, que não vão ocupar muito espaço e vão deixar o seu cantinho lindo.

Pinterest

Uma outra ideia, é colocar essas flores na parede com muita imaginação utilizando DIY de madeira.

Fonte: Projetos habitissimo

Iluminação mágica para varandas pequenas:

Que tal dar aquele toque romântico na iluminação da sua varanda? Preste sempre atenção que o que vá comprar possa estar exposto às adversidades climáticas, já que estará fora de casa e ter o controle sobre isso é complicado. Utilize leds e cordas de luzes para iluminar seu balcão, é simples, barato e muito charmoso.

Fonte: Pinterest

Quokkers

* Escrito por Evelyn Setubal, Content Manager no site habitissimo


0



01/06/2017
Wishlist dia dos Namorados | Casa que tem por CDA

Adoramos compartilhar nossas experiências, nossas visitas e passeios, e a visita à loja mais fofa ever, Casa Que Tem, não poderia deixar de passar por aqui. Aproveitamos que a Cami estava em São Paulo e fomos conhecer a loja, que fica na Vila Madalena e onde só encontramos produtos maravilhosos, e para todos os gostos: tem objeto de decor pra casa, utensílios pra cozinha, mesa posta, vasos para plantas um mais lindo do que o outro… Realmente só conhecendo a loja pra entender a lindeza que é!

Então fizemos uma seleção super especial pro dia dos namorados, com produtos maravilhosos da Casa Que Tem! Pode ser pro namorado, pra namorada, ou pra você, com opções pra casa, pro jardim, pra cozinha, pra viajar… São tantas opções que vocês não podem deixar de conferir!

1. Plaquinha decorativa | 2. Mala “Where to Next” | 3. Cesto Malika | 4. Espelho em ferro | 5. Quadro Mergulhador | 6. Caneca coração | 7. Boleira com redoma | 8. Trio Bijoux | 9. Vela Therapy | 10. Bowl Cristal com Ouro | 11. Luminária porcelana | 12. Frase em ferro | 13. Suporte madeira + vaso

E não podemos deixar de falar que em parceria com a Casa que tem, estamos fazendo um sorteio incrível no instagram, pro dia dos namorados! Então não deixem de participar!


0



13/05/2017
Flying Sushi: sushi em São Paulo

Final de semana tem dica para quem também gosta de sushi, hoje o post é sobre o restaurante Flying Sushi, que possui várias filiais aqui em São Paulo.

Os restaurantes da rede possuem ambientes simples, estilo “clean” (aliás, uma combinação boa para japas, não é mesmo?), com atendimento muito bom. As casas ficam abertas até às 23h, o que é ótimo para o pessoal que gosta de “morcegar” e comer sushi tarde da noite.

Além das comidas serem lindas, são deliciosas! Tudo é bem fresquinho, e a casa oferece à la carte, rodízio e também tem serviço delivery, caso queira comer no conforto de casa. No rodízio (que gira em torno de R$50), é possível escolher o simples, ou por mais R$10 terá direito ao sorvete Häagen-Dazs demais não? Mas atenção, o que inclui sorvete só vale se você participar do rodízio que inclui sushi, ok?

Além da grande variedade de sabores de sushi, a casa oferece onigiri, sashimi, yakisoba, gyoza  nas opções frito e cozido ao vapor, rolinhos (espetaculares, por sinal!), uramaki, temaki (com a alga crocantinha do jeito que a gente gosta) e muito mais. Então, se você curte um japa, vale muito a pena conhecer o Flying Sushi, até porque é uma casa queoferece qualidade sem custar os olhos da cara.

Imagens via Instagram/flying_sushi

* Unidades: Rua Dr. Amâncio de Carvalho, 303 – Paraíso | Av. Min. Laudo Ferreira de Camargo, 228 – Butantã | Rua Botucatu, 693 – Vila Mariana | Rua Dr. César, 462 – Santana | Rua Cardoso de Almeida, 613 – Perdizes | Av. Giovanni Gronchi, 2.989 – Morumbi | Al. Jaú, 1.567 – Jardins | Rua Goiás, 108 – Higienópolis | R. Hilário Furlan, 93 – Berrini | Rua Pires da Mota, 437 – Aclimação


0



15/03/2017
Confira cinco dicas para valorizar o seu banheiro!

O post de hoje é para quem está morando em um imóvel alugado e gostaria de deixá-lo com mais cara de seu, e sem gastar demais!

1. Móveis de Madeira

A madeira é uma das queridinhas para a decoração, mas temos que tomar muito cuidado quando ela é usada em ambientes com o maior fluxo de água, como o banheiro por exemplo. Ela pode compor o espaço com muita elegância e modernidade, se usada nos lugares certos. Na foto abaixo podemos ver que o móvel de madeira deu um charme a mais para o ambiente.

Foto: Histórias de Casa

2. Adesivos de Azulejo

Os adesivos de azulejos são novos no mercado, mas já são fáceis de encontrar, e possuem diversos modelos, para todos os gostos. Como o adesivo está em área molhada, indica-se passar verniz impermeabilizante por cima para melhorar o acabamento e evitar que ele descole. Sem gastar muito você tem um banheiro do seu jeitinho, feito apenas com adesivos.

Foto: Casa Abril

3. Móveis com Rodízios

Quando você tem só a bancada no banheiro, a melhor escolha para gastar menos com marcenaria são os gaveteiros com rodízios. Existem vários tamanhos, modelos e cores diferentes. Entre as diversas opções existentes no mercado, você pode encontrar o ideal para o seu espaço. Na foto, a escolha foi por cores amarelas, móveis marcantes, e que deram um charme pro banheiro. Afinal, cores são sempre bem vindas e dão mais personalidade ao ambiente.

Foto: The Blue Post

4. Plantas e Quadros

Plantas e quadros nos banheiros são sempre uma boa escolha para deixar o ambiente mais charmoso. Temos a opção de um móvel na vertical onde podemos apoiar diversos objetos decorativos, como plantas ou até mesmo revistas. Quadros no banheiro não são comumente encontrados, mas ficam super modernos e ainda podemos colá-los nas paredes para não perfurar nenhum encanamento. Devemos apenas observar se existe grande existência de umidade no espaço, que pode causar danos aos quadros, então o ideal é usá-los em lavabos.

Foto: Decoholic

5. Cestos

Cestos na decoração do banheiro normalmente deixam o ambiente mais rústico. Principalmente nos banheiros menores, os cestos são bem vindos para organização de toalhas, papéis higiênicos, cosméticos, etc. Essa é uma solução de baixo custo, além de sofisticada, e deixa o seu banheiro mais organizado.

Foto: BHG

Espero que tenham gostado das dicas. Me contem nos comentários o que acharam do post e sugiram mais dicas que queriam compartilhar. Beijos.


* Post produzido por Flávia Bertelli, estudante de Arquitetura e Urbanismo.


0





© Casa das Amigas 2020, Todos os direitos reservados.